Todos se rendem a um SUV

Nem mesmo a fleumática Bentley conseguiu ignorar a força dos SUVs. Primeiro utilitário esportivo da marca será lançado em 2016 e, nessa mesma direção, caminha a Rolls Royce

por Fábio Doyle 13/05/2014 13:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
A imagem teaser do Bentley SUV mostra uma grade frontal redesenhada em comparação com o conceito EXP 9 F (foto: Divulgação)
Não há como sobreviver hoje, na indústria automobilística, sem a presença de um SUV (utilitário esportivo) na gama de ofertas. Chegou a vez da superelegante e sofisticada Bentley lançar o seu. Com toda a fleuma britânica que caracteriza a marca – que disputa com a Rolls Royce o desejo dos mais ricos consumidores do planeta –, será apresentado o seu representante na linha dos SUVs.

E a entrada desse novo ator é feita em doses homeopáticas, na tentativa de aguçar a curiosidade do mercado. O primeiro ato foi a divulgação da imagem teaser do futuro SUV, e a informação de que o desenho foi revisado a partir do conceito EXP 9 F, apresentado no Salão do Automóvel de Genebra em 2012.

“O design foi alterado na lateral, traseira e teto. Foi completamente mudado”, diz Wolfgang Schreiber, CEO da Bentley, que em 1º de junho será substituído por Wolfgang Duerheimer, ex-chefe de desenvolvimento da Audi. Ele passou também pela Porsche, onde foi o responsável pelo desenvolvimento do SUV Cayenne e do sedã Panamera.

Divulgação
A grade muito grande, os também enormes faróis redondos e as tomadas de ar foram alvos de crítica ao Bentley EXP 9 F, na foto durante sua apresentação em Genebra (foto: Divulgação)
Os críticos do setor afirmam que a grade muito grande e as tomadas de ar do EXP 9 F eram inapropriadas para uma marca de luxo britânica. “Muitos clientes e também a imprensa disseram que um SUV era uma boa ideia, mas nem todos estavam contentes com o design que apresentamos naquela ocasião,” diz Schreiber. “Esse carro irá atender mais as expectativas de nossos clientes do que a proposta de dois anos atrás.”

O novo modelo, que já tem 2 mil pedidos em carteira, faz parte de um investimento de US$ 1,33 bilhão em novos veículos e produção para os próximos três anos. “Ele criará um segmento completamente novo no mercado de SUVs,” diz Schreiber. “Será o mais luxuoso e potente SUV do mundo”, completa. O carro poderá ter, em breve, um rival da Rolls-Royce BMW. Torsten Mueller-Oetvoes, CEO da Rolls-Royce, diz que a marca analisa se um SUV “cabe” em sua linha de produtos.

Divulgação
Pela sofisticação do acabamento interno do Bentley SUV, esse será o utilitário esportivo mais luxuoso e sofisticado do mundo, como quer o fabricante (foto: Divulgação)
O Bentley SUV deverá ser lançado em 2016 e o plano é fazer a primeira apresentação no Salão do Automóvel de Frankfurt de 2015. É um produto-chave para que a marca alcance seu objetivo de aumentar suas vendas globais para 15 mil veículos até 2018, a partir do recorde de 10.120 unidades, alcançado no ano passado.
Kevin Rose, chefe de vendas da Bentley, afirma que a meta de vendas para o SUV é de 3,5 mil unidades, volume similar ao do Flying Spur e do Continental GT coupé.

Entre os motores possíveis, está o de 12 cilindros, atualmente usado nas linhas Flying Spur e Continental, com uma versão híbrida plug-in (recarregável em tomada elétrica) prevista para 2017. Ainda não há decisão tomada sobre o motor a gasolina, que fará parceria com o propulsor elétrico.
O SUV utilizará a plataforma SUV modular grande, que está em desenvolvimento pela Volkswagen (proprietária da Bentley), que será também utilizada pela próxima geração do Audi Q7.

Segundo Rose, o veículo terá preço acima de SUVs de luxo como o Range Rover, que, na Europa, em sua versão mais cara, custa 160 mil euros. “O preço de entrada ficará acima do Range Rover”, disse Rose.

Os três maiores mercados para o SUV da Bentley serão os Estados Unidos, a China e o Reino Unido, nessa ordem.

Últimas notícias

Comentários