Olhar 43

Em cores, tamanhos e estilos diferentes, cílios postiços valorizam a maquiagem e podem dar simetria aos olhos. Saiba qual escolher e como usar

por Marina Santos 18/06/2014 15:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Beauty: Fairuze Reis (Menu de Maquiagem); Modelo: Ana Jablonski (Woll Agency); Foto: Cláudio Cunha
Para conseguir um olhar marcante e expressivo, a máscara e o curvex nem sempre são suficientes. Nessa hora, entram em cena os cílios postiços. Esse acessório, que costumava assumir um papel secundário na maquiagem, transformou-se em item de destaque. Há quem o use não apenas em produções noturnas, mas também no dia a dia. Afinal, as vantagens com as pestanas artificiais são muitas: desde um olhar mais sexy e feminino até efeitos de simetria. "Dependendo dos cílios, pode-se aumentar a proporção dos olhos", explica a maquiadora Fairuze Reis.

É possível encontrar no mercado os mais diferentes tipos. Alguns são feitos com pêlos naturais higienizados, mas os sintéticos são mais comuns.  Há também aqueles em tons castanhos e acobreados, para pessoas loiras e ruivas. Porém, como esclarece Fairuze, se a intenção é valorizar o contorno dos olhos, a cor do cabelo não deve ser determinante para a escolha dos cílios. Entre opções discretas e que privilegiam um resultado harmônico, o mais importante é considerar o volume e o comprimento dos fios. "Os cílios não devem encostar nas sobrancelhas quando se abrem os olhos. É importante estar atento ao tamanho do olho e ao espaço que temos entre a pálpebra móvel (o côncavo) e a sobrancelha", explica.

Para o professor do curso técnico de maquiagem do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em Minas Gerais Gladstone Colodetti, é fundamental não perder de vista o todo para uma proposta coerente. "Os cílios devem estar condizentes com a estatura. Uma pessoa baixa com cílios muito longos não fica natural", diz. Levar em conta as feições, mais delicadas ou angulosas, e a paleta de cores que será usada sobre os olhos também é importante. "Quanto mais clara e luminosa for a maquiagem, mais realce ganham os cílios."

No momento da aplicação, alguns cuidados valorizam a produção. "Os cílios devem ser confortáveis. É bom não colá-los muito rente ao canto interno dos olhos", recomenda Fairuza. Se preciso, devem-se fazer ajustes. Outra dica é não passar rímel nos fios artificiais, pois assim prolonga-se a vida útil do acessório. O delineador, antes e após, garante acabamento. "Isso evita que fique uma linha de pele entre os cílios naturais e os postiços", explica Gladstone.

Os olhos são a parte mais importante de uma maquiagem e precisam de cuidados na mesma medida. No caso dos cílios postiços, a escolha da cola pode resultar em um look bonito e duradouro ou causar desconforto e irritação. O oftamologista Sérgio Eduardo Marciano de Souza, do Hospital de Olhos Ricardo Guimarães, alerta que o acessório não deve ser usado por pessoas com lesões na pálpebra ou propensas a alergias. Quem faz uso de lentes de contato precisa ter atenção redobrada. "Os cílios atraem mais poluição no dia a dia, e a lente, em si, já é um corpo estranho aos olhos", explica.

Embora os cílios postiços possam ser reaproveitados, é importante estar atenta à limpeza do local onde será armazenado e lavar bem as mãos ao manuseá-lo. Antes de guardá-los, deve-se remover a cola e limpar as cerdas com demaquilante ou xampu neutro. "Quanto mais repetitivo o uso, maiores as chances de contaminação e reação ocular", afirma Sérgio. Além disso, nada de pegar emprestado. Cada pessoa deve ter seus próprios cílios.

Últimas notícias

Comentários