Mais firme, lisa e bonita

A pele na região dos olhos requer cuidados especiais para evitar olheiras, rugas e bolsas. Especialistas dão dicas para quem quer manter um semblante descansado

por Marina Santos 23/09/2014 16:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Shutterstock
(foto: Shutterstock)
Se os olhos são como janelas da alma, é melhor cuidar bem das molduras. Sujeita a ressecamento, danos causados pela ação solar, irritações decorrentes do uso de maquiagem, além do próprio desgaste com a passagem do tempo, a pele na região dos olhos demanda cuidados e produtos especiais. "É a pele mais fina que temos no corpo", diz a dermatologista Rachel Guerra. Por ser muito sensível, ela sofre diariamente com agressões externas e até mesmo com o movimento natural da musculatura. Entre as queixas mais frequentes, estão o aparecimento de linhas de expressão, inchaço e olheiras.

Como explica Rachel, são três os fatores principais que provocam o envelhecimento da pele: o cronológico, o consumo de cigarro e a exposição à radiação solar. "Se usar filtro solar diariamente, a pessoa elimina um fator muito importante." A exposição ao sol também pode facilitar o aparecimento das chamadas rugas dinâmicas, principalmente em quem tem olhos claros. Em função da fotossensibilidade, a pessoa contrai mais a musculatura dos olhos e esse movimento de franzir ajuda a criar ou acentuar marcas na pele, o que pode ser evitado com o uso de óculos escuros com proteção ultravioleta, orienta Rachel.

Pessoas de pele mais clara ainda estão mais susceptíveis a terem as chamadas "olheiras por transparência". Nesse caso, a pele da região é tão fina e clara que os vasos sanguíneos ficam mais evidentes, deixando um aspecto arroxeado na pálpebra inferior.  Por outro lado, fototipos mais escuros também têm suas desvantagens. Indianos e árabes, por exemplo, costumam ter um acúmulo de melanina na região dos olhos, explica a dermatologista.

Um cuidado simples e que é válido para todo tipo de pele é a hidratação. Além do efeito de embelezamento, renovando o viço da pele, hidratar é importante para deixá-la mais resistente à ação de agentes externos, como maquiagens e substâncias que podem gerar alergia. Rachel explica que o hábito de coçar os olhos, gerando fricção na área, pode aumentar as olheiras.

Para evitar irritações e alcançar os efeitos desejados, deve-se estar atento à qualidade dos produtos. Segundo a cosmetóloga da Adcos BH Aline Araújo, por ser a pele mais fina que temos, a região dos olhos requer produtos específicos. "O cosmético deve ter um peso molecular menor, para garantir sua penetração", diz. Além disso, é importante que sejam oftalmologicamente testados. A especialista explica que há no mercado cosméticos com ativos de despigmentação, que ajudam a clarear a pele; ação antiedema, que reduz o inchaço; cosméticos à base de peptídeos, que diminuem a contração muscular e amenizam linhas de expressão; vitamina C, que estimula a produção de colágeno; entre outros com ação calmante e terapêutica.

E os tratamentos domésticos não devem ser descartados. Como explica a esteticista Carina Campos, as chamadas "receitas da vovó", que incluem antigos truques como usar compressas de água gelada ou chá de camomila, são ações paleativas. "Elas produzem o chamado ‘efeito cinderela’. Funcionam, mas é temporário, com ação de poucas horas", diz. A vantagem é que não têm contraindicação, podendo ser usadas todos os dias. Outra dica válida é aplicar os cremes massageando a pálpebra inferior de dentro para fora. "Esses movimentos são feitos na drenagem linfática para descongestionar a região, melhorando a circulação sanguínea", conta Carina, o que atenua o aspecto de cansaço, vindos com o estresse ou após uma noite maldormida.

Pouco sono, problemas respiratórios e estados gripais também podem resultar em olheiras. "Pacientes sujeitos a congestão vascular, que sofrem de doenças como sinusite ou rinite, por exemplo, podem ter olheiras por hemossiderina, pigmento que resulta da degradação do sangue na pele", explica a dermatologista Rachel Guerra. A dificuldade circulatória é ainda responsável pelo aparecimento das bolsas na região dos olhos. Segundo a médica, alimentação balanceada, ingestão adequada de água e boas horas de sono certamente são ótimas aliadas para a conquista de uma pele saudável e bonita. Também deve-se investir em cremes e cuidados domésticos desde a juventude. Com o passar do tempo, a medicação vai sendo incrementada. O melhor mesmo é prevenir.

Últimas notícias

Comentários