Desodorante ou antitranspirante?

Conheça a diferença entre os dois para não ter dúvidas na hora de escolher

por Amanda Aleixo 02/04/2015 16:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Shutterstock
(foto: Shutterstock)
Há quem entre nas perfumarias e pegue logo o primeiro frasco que estiver na frente. Afinal, desodorante e antitranspirante não são a mesma coisa? Segundo a dermatologista Rachel Guerra, não é bem assim. Existem diferenças entre os dois e por isso é recomendável mais atenção na hora de escolher. Ela explica que a transpiração - velho incômodo para homens e mulheres - nada mais é do que uma estratégia do organismo para regular a temperatura corporal. E observá-la é tarefa importante para decidir qual produto usar.

O antitranspirante é ideal para quem apresenta muita sudorese. A médica explica que, para controlar a transpiração, esse tipo de produto contém substância que cria uma barreira na pele, impedindo o contato do suor com as bactérias - essa reação é exatamente o que provoca o mau odor.  Os receosos, que evitam o produto com medo de prejudicar a saúde, podem ficar despreocupados. "A relação entre antitranspirante e câncer de mama nunca foi comprovada pela comunidade científica”, diz a médica.

Quando a situação não é de suor extremo, os desodorantes são mais indicados. "Eles são compostos por perfumes e agentes antibacterianos, que reduzem a ação das bactérias na sudorese, eliminando o cheiro ruim”, explica. Em geral, a maioria dos antitranspirantes tem ação desodorante, mas o inverso não ocorre.

Daí em diante, as diferenças ficam mais por conta dos veículos - aerossol, roll-on, spray e pomada - e das substâncias que os compõem. Aos alérgicos de plantão, a dica é consultar um especialista antes de escolher o tipo. Segundo a dermatologista Maria Sílvia Laborne, quando os pacientes são alérgicos, a intolerância é - na maioria das vezes - mais em relação ao perfume do que ao desodorante. "Nesses casos, mandamos manipular uma fórmula com um perfume que ele tolere ou recomendamos sem cheiro”, diz. As pessoas de pele seca devem evitar as substâncias que apresentam álcool e podem recorrer às mais cremosas ou oleosas, que geralmente vêm na forma de roll-on ou pomada.

Últimas notícias

Comentários