Finlandês voador

Carro elétrico com potência de 1.340 cv rouba a cena no mais exclusivo salão de automóveis do mundo

por Fábio Doyle 10/06/2015 15:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Com linhas leves e elegantes, o finlandês 1MW Toroidion tem portas asa de borboleta com maçanetas de treliça impressa em 3D e o interior, em se tratando de um esportivo, é espaçoso (foto: Divulgação)
Não é qualquer um que entra no Top Marques. Trata-se talvez do mais exclusivo e sofisticado salão de carros de luxo do mundo, que acontece anualmente no não menos sofisticado principado de Mônaco. É uma mostra que só aceita projetos muito exclusivos e que representem soluções até exóticas em termos de luxo, sofisticação e evolução tecnológica. São expositores que para lá levam desde veículos de luxo, supervans e motocicletas até relógios e joias. Na última edição, que aconteceu no final do primeiro trimestre, a soma das vendas durante o evento superou 200 milhões de euros.

Mas são mesmo os carros sofisticados e exóticos que comandam o show, com direito a test drive em circuito de corrida. Na última edição, quem roubou a cena foi uma empresa finlandesa que apresentou o protótipo do primeiro carro elétrico superpotente do mundo: o 1MW. Quem assina o projeto é a empresa Toroidion, que lá esteve em busca de investidores interessados em financiar a produção comercial do seu supercarro.

O nome 1MW faz referência à potência de 1 megawatt – equivalente a 1.340 cv –, o que torna o Toroidion o primeiro carro elétrico a superar uma barreira que pouquíssimos veículos a gasolina atravessaram. Em termos de “potência pura”, de acordo com o fabricante, o Toroidion 1MW fica entre o Bugatti Veyron 16.4, o Grand Sport Vitesse (1.200 hp) e o Koenigsegg One:1 (1.400 hp).

Em um carro elétrico, isso é mais uma questão de matemática do que de número de cilindros, turbos e carburadores ou sistemas de injeção sintonizados. Cada roda tem seu próprio motor: dois de 200 watts na frente e dois de 300 watts atrás. Considerando-se que os motores elétricos produzem 100% de seu torque a zero rpm, espera-se que o Toroidion seja rápido – talvez até ridiculamente rápido, uma vez que nunca poderá fazer uso de toda a sua força de aceleração, pelo menos aqui neste planeta.

Divulgação
(foto: Divulgação)


Suas linhas esportivas são leves, suaves e elegantes. As portas de asa de borboleta têm maçanetas de treliça impressa em 3D e o interior, em se tratando de um esportivo, é espaçoso.

Quem vê o carro de perto nota que é um projeto inacabado, que carece de detalhes. Mas isso não preocupou os finlandeses da Toroidion, já que estavam em Mônaco em busca de compradores abonados dispostos a financiar a montagem de seus supercarros, explicou Hanna Oksanen, da assessoria de imprensa da empresa.

Ainda envolto em muitos segredos, novos detalhes sobre o modelo finlandês serão revelados no decorrer do ano, em doses homeopáticas. Além da potência extraordinária, a empresa revelou que o carro foi projetado pelo designer Passi Pennanen, que já trabalhou na Jaguar e Honda e abriu um estúdio com seu nome em 2004.

Segundo a Toroidion, o 1MW é construído em um novo modelo de cadeia cinemática, projetado para ter diferentes funções, o que implica que estão por vir versões para as pistas e as ruas.

Outra informação, divulgada no site, é de que “a bateria de alta capacidade da cadeia cinemática Toroidion pode ser substituída facilmente no pit-lane ou na garagem de casa”, o que eleva ainda mais a curiosidade sobre esse projeto. O 1MW será novamente apresentado, com mais detalhes, espera-se, em 5 de setembro, no Salon Privé, que acontece no Blenheim Palace, nas proximidades de Oxford, Reino Unido.

Últimas notícias

Comentários