Simplesmente chique

Miss Minas Gerais 2004, a exuberante Iara Jereissati conquistou a alta-roda, os fashionistas e agora também quer falar para o público do que mais entende: o mundo do luxo

por Gui Torres 23/10/2015 17:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Geraldo Goulart/Encontro
A ex-modelo mineira, que nasceu em Luz, hoje é destaque na sociedade brasileira (foto: Geraldo Goulart/Encontro)
Foi durante sua segunda viagem internacional, aos 11 anos, que Iara Maria Resende Azevedo Coelho, hoje Iara Jereissati, ganhou sua primeira peça de grife. Em Lisboa, o pai, o juiz de direito José Adalberto Coelho, levou-a à loja da Louis Vuitton e lhe deu uma carteira. "Ela te trará sorte", disse ele. As palavras parecem ter surtido efeito. Apesar de viver na pequena Luz, a 200 km de BH, a garota conquistou tudo o que quis. "Meu pai é um homem culto, um gênio, e por isso tem a cabeça muito aberta, pronto para me apoiar em tudo", diz Iara. Ele também possibilitou que sua única filha fizesse intercâmbio na Bélgica, aos 17 anos. Lá, Iara acompanhou de perto a trajetória de uma nova amiga, então miss na cidade de Liège, o que a fez despertar para esse sonho.  "Aos 13 anos, ela tinha a altura atual e, apesar da timidez, já amava uma passarela", lembra a mãe, Eloíza Resende. "Ela sempre foi forte e sabia o que queria, nem parecia filha única", diz.

Quando chegou ao Brasil, Iara tirou o registro profissional de modelo, estampou campanhas, participou de concursos de beleza regionais e internacionais e, já na faculdade de direito, em Belo Horizonte, inscreveu-se no Miss Minas Gerais em 2004. Com chamativos 1,81 m de altura, corpo esguio e longos cabelos castanho-escuros, ela levou a coroa. No mesmo ano, bateu na trave no Miss Brasil e ficou em segundo lugar (o terceiro, com Grazi Massafera).

Foi justamente em um compromisso de reinado que sua vida mudou de vez. Ela fisgou o coração de Carlos Francisco Jereissati, presidente do Conselho Administrativo do Grupo Jereissati, que detém a rede Iguatemi de shopping centers e outras empresas, dono de uma fortuna de mais de R$ 1 bilhão. Patrocinador do evento no Sul do país, ele almoçava com dirigentes do concurso no tradicional restaurante Xapuri, na Pampulha, quando dividiu a mesa com Iara: "Eu não sabia bem quem ele era, mas descobri que tínhamos gostos em comum", conta. "Carlos é um homem sincero, companheiro e generoso em gestos e palavras", elogia.

Divulgação
Ao lado do marido, Carlos Jereissati: o casamento com o megaempresário abriu as portas do mundo da moda e da alta sociedade para ela (foto: Divulgação)
Depois daquele primeiro contato formal, eles começaram a trocar mensagens por celular e logo engataram o namoro. Três anos depois, em setembro de 2007, veio o casamento, durante um fim de semana no Grande Hotel de Araxá. E, como num conto de fadas, a união fez com que a miss do interior de Minas ganhasse os holofotes da imprensa paulistana e o respeito do jet-set brasileiro. Iara mergulhou no mundo da moda e, discretamente, começou a colaborar no grupo de seu marido: "Sempre que tem alguma coisa legal despontando tento ser a primeira a falar, a abrir alguns caminhos para isso acontecer", diz.

Foi assim, durante um desfile da amiga e estilista belga Diane Von Furstenberg, em Nova York, que ela se sentou ao lado de Christian Louboutin e papo vai, papo vem, falou da vontade de ter uma loja do designer francês no Brasil: "Ele topou! Cheguei em casa empolgadíssima e falei ao Carlos que tínhamos de fazer essa parceria. Tudo caminhou bem, abrimos a loja em 2009 e é um case de muito sucesso", conta.

Iara despertou a simpatia de uma enxurrada de nomes da moda. Recentemente, ela encantou a dupla Domenico Dolce e Stefano Gabbana. "Desde sempre amei D&G. É deles as primeiras peças que comprei, quando comecei a vestir grifes internacionais", conta.

Em abril, depois de oferecer um jantar a Domenico, em São Paulo, foi a vez de ela ser a convidada de honra do estilista. Junto com o amigo brasiliense Guilherme Siqueira, namorado de Domenico, Iara desembarcou em Portofino, na Itália, para conhecer a coleção de inverno 2016, em um desfile "secreto" da Dolce&Gabbana. "Ficamos cinco dias no barco deles e estreitamos nossa amizade", diz. "Eles são pessoas maravilhosas, muito religiosos. Depois da viagem mandei a eles alguns livros do barroco mineiro, das igrejas de Minas". No cartão, ela também escreveu que os espera para um passeio pelas cidades históricas: "Tenho certeza de que eles vão amar".

Arquivo pessoal/Reprodução
Iara (à dir.), no Miss Brasil Danilo D%u2019Ávila, realizado em Brasília, em 2003: um dos diversos concursos de beleza de que participou, antes de alcançar o posto oficial de mais bela de Minas (foto: Arquivo pessoal/Reprodução)
No dia a dia, a prioridade de Iara é a filha, Maria Clara, de 4 anos, e seu trabalho no shopping, em torno dos eventos. Marcas poderosas entregam a ela a missão de reunir o high society para almoços e jantares. Três vezes por semana, faz reuniões no escritório e articula as ações por telefone. Não há quem negue um convite feito por ela. "Eu adoro isso: conhecer pessoas e conversar; não tenho preguiça de nada", diz ela, que comemora a vinda do grupo para Minas. O I Fashion Outlet Nova Lima, com previsão de inauguração para outubro de 2017, será construído na estratégica e efervescente região da Lagoa dos Ingleses. "Fico feliz de a marca chegar à minha terra e acho que tem tudo a ver com BH. A mineira é sempre elegante, bem-vestida, uma referência no Brasil".

Mesmo com a agenda social agitada, Iara faz questão de encontrar tempo para vir a BH e reunir a família em seu apartamento no Belvedere. E ainda esticar até Luz, onde moram seus pais. Amigos há mais de uma década, e escolhido para maquiar e pentear Iara para o badalado "sim" a Jereissati, Jô Martins confirma que a bela continua a mesma depois da guinada: "É a mais doce e simples das mulheres ricas com quem já convivi, seja numa mesa de bar, ou num almoço no iate de Stefano e Domenico. Ela tem gentileza e educação ímpares, que herdou dos pais", diz o maquiador.

Aos 34 anos, o próximo passo da eterna miss é assinar um projeto pessoal. Ela quer  criar um site para expressar seu conhecimento sobre moda, beleza, comportamento e viagens. Público, já possui. Discreta nas redes sociais, ainda assim acumula 13 mil seguidores no Instagram. A conta, antes privada, foi liberada aos curiosos em agosto. "Não tenho mais idade para ser uma blogueira ou it-girl. É um trabalho diferente. Quero falar só do que acredito, gosto e uso", diz Iara. "Hoje, meu desejo na vida é muito mais fazer do que ter."

Divulgação
(foto: Divulgação)

Instagram/Reprodução
(foto: Instagram/Reprodução)

Últimas notícias

Comentários