Boa mesa

por Helvécio Carlos 31/07/2013 10:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Lázaro Gurgel/Divulgação
Lucas Dayrell e Bernard, no Baile da Favorita, no Mix Garden (foto: Lázaro Gurgel/Divulgação)
É hoje o início do projeto Intercâmbio de Chefs, promovido pelos restaurantes da Associação Viva Mesa. Cada um dos sete restaurantes fará um jantar especial criado por um chef de outro restaurante associado. Correndo por fora – e participando de todos os eventos –, a sorveteria Easy Ice, também associada, cuidará da harmonização de sorvetes com os pratos principais dos jantares. Cada chef quer levar sua “tendência gastronômica” para o restaurante onde fará seu jantar, mas estará também sofrendo as “influências culinárias” do chef anfitrião, e essa “fusão” promete proporcionar um jantar especial e único. Hoje, a chef Deborah Lachini, do restaurante 2013, faz o jantar especial na Cantina Piacenza; amanhã, o chef Paulo Henrique Vasconcelos, do Benvindo, prepara suas surpresas gastronômicas no restaurante 2013.

Agenda

Apesar de ser figurinha carimbada em Belo Horizonte, Preta Gil promete novidades na noite da cidade. No feriado de 7 de setembro, ela vai aparecer por aqui com o Bloco da Preta, sucesso no verão carioca. Festa para comemorar os seis anos da Produtora Um Brasil, voltada para o público GLS.

Encontro em Lourdes

Wagner Gonçalves, da 68 Pizzeria, recebe hoje Hervé Birnie-Scott, chef de cave de Terrazas de Los Andes e Cheval des Andes, para jantar harmonizado. O encontro, só para convidados, vai reunir Pedro Forcatho, Lincoln Salvador e sua mulher, Lilian de Mesquita e Eduardo, Fany Silveira, Ronaldo Silva e mulher, Luiz Eugênio, Ricardo Prado, Emilio Zak e Gladston Brandão.

Sequestrado por amigos

De férias no Uruguai, o artista plástico e cineasta Cao Guimarães retorna a Belo Horizonte sábado para o lançamento do livro Histórias do não ver, na livraria Quixote, às 11h. Editada pela Cobogó, a publicação é resultado de uma proposta inusitada: no fim dos anos 1990, o artista pediu a amigos que o “sequestrassem”. De olhos vendados, ele era levado a lugares que desconhecia. Registrava suas impressões com fotografias feitas às cegas e com relatos escritos depois de cada viagem. As experiências foram realizadas em locais como São Paulo, Madri e Londres e entre os que participaram do projeto estão as artistas Rivane Neuenschwander e Adrianne Gallinari. “Eu queria sentir o mundo apenas através do que estivesse ouvindo, cheirando, pegando, pensando. A visão sempre me parecera um sentido tirano com relação aos outros. Sem ela o mundo poderia ser então vários mundos; a realidade, várias realidades”, explica Cao, que atualmente está finalizando o longa-metragem O homem das multidões, dirigido por ele e Marcelo Gomes.

NA BALADA...

Eugênio Gurgel
Felipe Freitas e Brenda Cappellari (foto: Eugênio Gurgel)


Últimas notícias

Comentários