É Natal!

por Helvécio Carlos 13/12/2013 11:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Tradição em Minas, as pastorinhas vão visitar os belos presépios do Museu do Oratório, em Ouro Preto. A partir das 14h30, grupos da comunidade de Padre Faria se apresentam hoje, no adro da Igreja do Carmo. Cantando louvores ao menino Jesus, jovens e crianças interpretam Maria, São José, o anjo e os pastores. As pastorinhas distribuem esmolas, recolhem esmolas e dançam para espalhar sua mensagem de paz.

Eugênio Gurgel
Governador Antonio Anastasia, Eliane Parreiras e Mauro Tunes (foto: Eugênio Gurgel)
Boas-novas para o MIP


Duas grandes – e boas – notícias marcam o encerramento do ano no Museu Inimá de Paula (MIP), em BH. Anteontem, durante jantar para convidados na sede da instituição, o governador Antonio Anastasia anunciou a prorrogação por 20 anos do prazo de termo de uso do prédio, que pertence ao estado, à Fundação Inimá de Paula. A outra novidade foi o anúncio de que o Banco Santander será o patrocinador do MIP.

***

O governador não se cansava de comentar a beleza do prédio. “Essa restauração de esmero e rigor devolveu à cidade uma joia arquitetônica”, afirmou Anastasia, elogiando a iniciativa da Fundação Inimá de Paula em transformar o imóvel do antigo Cine Guarani em museu. Paulo Lasmar, presidente do conselho diretor da fundação, não escondeu a emoção com as novidades, lembrando que a entidade publicou dois livros magníficos com a catalogação de cerca de duas mil obras de Inimá. Paulo ressaltou o trabalho do incansável Mauro Tunes: “Generoso, ele doou, sem contrapartida, os recursos necessários para a restauração do prédio”.

***

O governador não se cansava de comentar a beleza do prédio. “Essa restauração de esmero e rigor devolveu à cidade uma joia arquitetônica”, afirmou Anastasia, elogiando a iniciativa da Fundação Inimá de Paula em transformar o imóvel do antigo Cine Guarani em museu. Paulo Lasmar, presidente do conselho diretor da fundação, não escondeu a emoção com as novidades, lembrando que a entidade publicou dois livros magníficos com a catalogação de cerca de duas mil obras de Inimá. Paulo ressaltou o trabalho do incansável Mauro Tunes: “Generoso, ele doou, sem contrapartida, os recursos necessários para a restauração do prédio”.

***

Paulo Lasmar foi responsável por um dos momentos mais descontraídos da noite. Bem-humorado, ele disse torcer para que todos se reúnam novamente, daqui a 20 anos, para ver Anastasia, em seu sexto mandato, prorrogar o termo de uso do prédio do Inimá. O governador entrou no clima. “Graças a Deus estamos em um regime democrático, o que não impede que eu esteja de volta em 20 anos. Ou, quem sabe, já esteja mumificado. Assim, viro peça de museu”, brincou. O jantar foi assinado pelo chef Leo Paixão.

Últimas notícias

Comentários