Micróbio descoberto nos EUA pode mudar busca por vida alienígena

O micro-organismo vive num ambiente insalubre e se alimenta apenas de produtos pobres em calorias

por Encontro Digital 04/07/2017 09:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
O micróbio Acidianus, descoberto no parque Yellowstone, nos Estados Unidos, vive nas águas termais ácidas e ricas em enxofre, alimentando-se apenas de produtos pobres em calorias (foto: Pixabay)
Biólogos americanos encontraram um micróbio muito incomum em fontes termais do famoso parque nacional de Yellowstone, localizado entre os estados de Wyoming, Montana e Idaho. O micro-organismo cresce quando há comida de baixo teor calórico e não se reproduz quando a alimentação possui elevado teor de calorias. Esta descoberta foi publicada na revista científica Nature Geoscience.

"Habitualmente, as grandes fontes de energia sustentam grande quantidade de micróbios e a comida 'ruim' não representa interesse para ninguém. Se verificou que, para o Acidianus, a situação é diferente", comenta o pesquisador Everett Shock, da Universidade do Estado do Arizona em Tempe, nos EUA.

Os lagos e fontes termais de Yellowstone são considerados alguns dos lugares mais estranhos da Terra, servindo de habitat para micro-organismos incomuns, capazes de viver em condições extremas – sob forte radiação, calor 'infernal', alimentando-se de enxofre e vivendo em ácidos.

O estudo de micróbios como o recém-descoebrto, segundo os cientistas americanos, ajudará a perceber quais são as chances de surgimento da vida fora da Terra e em que condições ela pode ocorrer. Vários desses organismos podem crescer e se reproduzir, por exemplo, nas camadas profundas do solo de Marte ou nas águas congeladas das luas de Saturno ou de Júpiter.

A razão pela qual esses micro-organismos preferem viver em condições de déficit de calorias, o cientistas Everett Shock e seus colegas não revelaram. Mas, os pesqusiadores supõem que isto possa estar ligado com a disponibilidade da comida. O hidrogênio e o enxofre, dos quais o Acidianus se alimenta, são mais comuns em Yellowstone do que outros compostos mais ricos em energia. Assim, os micróbios, que se acostumaram com esse tipo de alimento, estão protegidos da fome, caso não haja outra comida disponível.

A descoberta de que nem todos os seres vivos na Terra se alimentam de produtos ricos em calorias pode mudar nossa percepção sobre a vida extraterrestre, mudando o foco das buscas.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários