Conheça lugares em BH para tomar café da manhã

Saiba onde fazer o desjejum fora de casa, com direito a quitutes mineiros como pão de queijo e broa de fubá

por Carolina Daher 24/03/2017 14:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
A expressão "café da manhã de hotel" é capaz de balançar o coração de qualquer apaixonado pela primeira refeição do dia. Mas se o café da manhã dos sonhos estava restrito às férias, hoje ele pode ser encontrado todos os dias. Padarias, restaurantes e – claro! – hotéis atraem a clientela com menus caprichados, pontuados por clássicos como omeletes, waffles e panquecas. Aqui nas Gerais, as mesas ainda ganham mais graça com quitutes como bolos caseiros, pães de queijo quentinhos e os mais variados biscoitos. No Ouro Minas, por exemplo, a refeição, como o próprio hotel, é cinco estrelas. São mais de 80 itens. "A nossa mesa mineira faz muito sucesso", diz a gerente de alimentos e bebidas, Tatiana Camigauchi.

Se durante a semana o movimento ainda é tímido, aos sábados e domingos os estabelecimentos lotam. Foi o que percebeu a empresária Paola Carvalho, da Casa Leopoldina, que oferece aos sábados um brunch a partir das 9h. "O café da manhã virou um programa. As pessoas querem viver um momento de relaxamento, encontrar os amigos e comer sem pressa", diz. Adriana Martins Gomes, proprietária do Mocca Coffee and Meal, recebe os clientes aos domingos. "Isso já é bastante comum no Rio e em São Paulo e agora está chegando a BH", afirma. "Quando abrimos, há 20 anos, era raro servir alguém. Hoje, a situação mudou e nossas manhãs são cheias", diz Paula Bonomi, proprietária da Casa Bonomi.

Para quem quer fugir da rotina e passar uma manhã preguiçosa com os amigos ou mesmo para aqueles que desejam fazer uma refeição reforçada, BH conta com bons endereços. Encontro selecionou 10 casas que farão seus dias começarem muito mais felizes.

Casa Leopoldina

Victor Schwaner/Divulgação
(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
"Usamos ingredientes integrais, ovos de galinhas felizes e leite de vacas que pastam." Impresso logo na primeira página do cardápio, a frase define bem o perfil da Casa Leopoldina. Ingredientes frescos, vindos de produtores locais, e receitas caseiras pontuam as quitandas servidas no café da manhã, que funciona aos sábados. Uma das propostas da casa é o cardápio especial, em que o cliente escolhe o que quer comer em uma lista de 15 itens (R$ 24,90). Entre as delícias, a panqueca faz sucesso, assim como o quibe de berinjela com coalhada seca. Outra opção é fazer uma reserva para a "mesa experiência", onde são servidas quitandas mineiras como pão de queijo, biscoito, bolos, geleia e pães caseiros (R$ 14,80, por pessoa). Nos dois casos, a bebida é à parte. O chocolate quente com especiarias custa R$ 7,90, já o café especial coado sai por R$ 6.

Endereço: rua Leopoldina, 357, Santo Antônio, 99224-2222
Horário: sábado, das 9h às 13h
Preço: a partir de R$ 14,80 por pessoa

Cafeteria da Fazenda

Ronaldo Dolabella/Encontro
(foto: Ronaldo Dolabella/Encontro)
O café colonial mineiro traz a mesa farta com todos os quitutes vindos diretamente da fazenda. Essa é a proposta da Cafeteria da Fazenda. Com mais de 60 opções, o bufê conta com oito tipos de queijo de minas, além de quiches como o de alho-poró e presunto. Rosca caseira, pão de queijo e broa de milho estão entre as gostosuras oferecidas pela casa. Os bolos variam de sabor, mas vale dar uma atenção ao de mexerica e ao de fubá com queijo, a maior estrela da casa. Na carta de café, há mais de 20 marcas da bebida. O vaquinha holandesa é preparado com espresso duplo, 3 bolas de sorvete de creme e Nutella, e custa 13 reais.

Endereço: rua Montes Claros, 752, Anchieta, 3324-7770
Horário: segunda a sábado, das 8h às 20h; domingo e feriado, das 8h às 13h
Preço: R$ 46 (terça a sábado) e R$ 52 (domingos e feriados), o quilo

Casa Bonomi

Instalada há 20 anos em um belo imóvel datado de 1902 tombado pelo patrimônio histórico, a Bonomi serve café da manhã desde sua inauguração. Por se tratar de uma padaria, é possível degustar as guloseimas a qualquer hora do dia. O cardápio é extenso, mas algumas receitas de dar água na boca se destacam, como o croque sinhá
(R$ 22), fatia de pão de fôrma que envolve um ovo caipira orgânico, ótimo se acompanhado de um suco (o Super Vitamina C custa R$ 18 e leva caju, acerola, laranja, três folhas de espinafre, uma pitada de guaraná e mel). O café espresso sai a R$ 5 e o capuccino, a R$ 8. Quer um doce para fechar a refeição? Os bolinhos de laranja, chocolate com farinha integral ou cenoura com azeite custam a partir de R$ 10.

Endereço: av. Afonso Pena, 2.600, Funcionários, 3261-3460 e 3261-8334
Horário: terça a sábado, das 8h às 22h30; domingo, das 8h às 22h
Preço: a partir de R$ 27

Guaja Café

O Bar Convés, que funciona no Guaja Café-Coworking, endereço que atrai os moderninhos da cidade, acaba de lançar seu café da manhã aos sábados. São cinco menus inspirados nos brunches americanos. O port Richmond vem com tortilla, guacamole, ovos, linguiça calabresa, sour cream e chutney de tomate da casa (R$ 26). Já o meatpacking conta com tostada de brioche, cheddar cremoso, bacon cremoso, ovos mexidos, cebola caramelizada e salsicha Frankfurt (R$ 28). Se o seu paladar é mais doce, vá de bronx: torta de maçã, omelete de banana, panqueca com syrup e bacon (R$ 27). Para deixar os sábados mais animados, a casa ainda oferece drinks preparados
com espumante como mimosa e bellini (R$ 19, cada um).

Endereço: av. Afonso Pena, 2.881, Funcionários, 2127-1517
Horário: sábado, das 10h às 14h
Preço: a partir de R$ 24

Paris 6

Ronaldo Dolabella/Encontro
(foto: Ronaldo Dolabella/Encontro)
Conhecido pela fartura de seus pratos, o café da manhã do Paris 6 não poderia ser diferente. O sistema é self-service e o bufê é recheado de itens capazes de fazer qualquer manhã ficar mais gostosa. Ponto para o croque-monsier, misto quente incrementado com molho branco, e para as salsichas de vitela, que combinam perfeitamente com os ovos mexidos quentinhos. Há ainda opção de tapioca, crepe e omeletes recheados. Salada de frutas, iogurte natural e sucos completam a refeição. As famosas sobremesas do bistrô estão bem representadas pelo pudim de leite condensado. Para quem não tem medo da balança.

Endereço: rua do Contorno, 6.061, São Pedro (Pátio Savassi), 3318-1800
Horário: todos os dias, das 7h às 11h
Preço: R$ 32 (segunda a sexta) e R$ 39 (sábados, domingos e feriados)

Me Gusta

Paulo Márcio/Encontro
(foto: Paulo Márcio/Encontro)
Aqui também tem café da manhã o dia inteiro. Os itens são servidos individualmente. Uma boa combinação é a cesta de pães feitos na casa (pão de queijo, ciabatta e integral – R$ 5,90), manteiga e geleia (R$ 2,80, cada um), queijo frescal (R$ 5,90) e ovos mexidos (R$ 5,80). Para acompanhar, suco de abacaxi com laranja (R$ 9,90) e cappuccino (R$ 7,60).

Endereço: rua Juvenal de Melo Senra, 395, loja 4, Belvedere, 2511-2333
Horário: segunda a sexta, das 10h às 22h; sábado e domingo, das 9h às 21h
Preços: a partir de R$ 14

Mocca Coffee and Meal

Há poucas semanas, o Mocca resolveu aproveitar o dia mais preguiçoso da semana para atrair a clientela. Aos domingos, a casa oferece brunch à la carte com preços que variam de R$ 19 a R$ 25, com bebidas pagas à parte. O cliente tem direito de escolher cinco tipos de comidinhas e duas bebidas para a refeição. Entre os embutidos, as opções ficam entre peito de peru, salsicha alemã, bacon e presunto. Os queijos variam entre cottage, gruyère, muçarela e minas. Os ovos podem ser pedidos na versão mexidos, estrelados, mollet ou omelete. Cesta de pães, tapioca, waflle e crepes também estão no menu. Iogurte caseiro com granola e espetinho de frutas deixam a manhã mais leve e colorida. Quem quiser ainda pode pedir itens do cardápio fixo, como o pão de queijo recheado com peito de peru e queijo da Canastra (R$ 6).

Endereço: Alameda do Ingá, 16, Vila da Serra, Nova Lima, 3656-7404
Horário: domingo, das 9h às 14h
Preço: a partir de R$ 19

Boníssima

De segunda a segunda, a unidade da Raja Gabaglia abre as portas logo cedo para receber quem quer tomar um café caprichado fora de casa. No bufê, há sempre cinco tipos de frutas. Na mesa de frios, muçarela, queijo da Canastra, prato, além de presunto, peito e blanquet de peru estão presentes. São quatro tipos de bolos, laranja, cenoura, nozes e maracujá. Para quem não resiste a um salgadinho, os réchaud são lotados de empadinhas, rissole, quibe e coxinha. Outro destaque fica por conta dos lanchinhos, pães recheados com peito de peru, frango e queijo com presunto.

Endereço: av. Raja Gabaglia, 220, Gutierrez, 3296-5300.
Horário: das 6h às 10h30; sábado e domingo, até as 11h
Preço: R$ 39,90 (segunda a sexta) e R$ 44,90 (sábados, domingos e feriados)

Saatore Ristorante

Gláucia Rodrigues/Encontro
(foto: Gláucia Rodrigues/Encontro)
A toda hora uma fornada de croissant e pão de queijo sai da cozinha comandada pelo chef Wanderson Costa. Localizado no hotel San Diego, em Lourdes, o Saatore atente não só os hóspedes, mas também aqueles que querem apenas tomar um café da manhã reforçado. Além de pães especiais, o cardápio conta com ovos mexidos, omeletes, salsicha e frios variados. Para servir com iogurtes variados, granola, quinoa e chia. Sucos naturais e frutas frescas completam a refeição.

Endereço: av. Álvares Cabral, 1.181, Lourdes, 3339-3174
Horário: todos os dias, das 6h às 10h
Preço: R$ 35 por pessoa

Ouro Minas

Samuel Gê/Encontro
(foto: Samuel Gê/Encontro)
Único cinco estrelas da cidade, o hotel abre suas portas no café da manhã para os não hóspedes. Entre os pães, chamam a atenção os recheados de calabresa e o de frango, além das roscas doces de baroa e leite condensado. Há uma estação de quentes com omelete, ovos mexidos, waffle e panquecas doce e salgada. Sempre tem quatro sabores diferentes de bolos, como os de chocolate, formigueiro, limão e coco, que podem ser servidos com uma calda de chocolate quente.

Endereço: av. Cristiano Machado, 4.001, Ipiranga, 3429-4001
Horário: todos os dias, das 5h às 10h
Preço: R$ 59 por pessoa

Últimas notícias

Comentários