Aproveitando o tempo mais frio, conheça queijos ótimos para se fazer fondue

Gouda e provolone são exemplos de queijos que combinam com esse prato típico do outono e do inverno

por Da redação com assessorias 16/05/2017 13:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Quem não gosta de saborear um fondue de queijo, bem acompanhado, numa noite fria e harmonizado com um bom vinho tinto? (foto: Pixabay)
É só o tempo ficar mais frio e logo passamos a preferir comidas servidas quentinhas, como sopas, caldos e fondue. Além de saborosos, esses quitutes promovem uma sensação de conforto, que combina bem com o Outono e o Inverno.

Se você quer aproveitar as noites mais frias com um delicioso fondue, que harmoniza muito bem com vinho tinto, a especialista em ciência e tecnologia do leite Raquel Santana, do laticínio Regina, indica quais os queijos mais indicados para elaborar esse prato. Confira:

  • Edam: queijo muito popular na Holanda, comercializado em feiras livres e normalmente no formato de uma bola. Sabor suave, aromático e um pouco adocicado. É um queijo tipicamente de mesa devido ao apelo irresistível de suas olhaduras (furinhos)

  • Emmental: queijo duro, amarelo-claro, de sabor suave. Ideal para ser fundido após seis meses de cura. Um clássico dos alpes suíços. Não pode faltar na hora de receber os amigos

  • Gruyère: queijo de massa cozida, de textura semidura, cheia de olhaduras, a maioria do tamanho de uma avelã. Seu sabor é suave e adocicado, lembrando o leite maltado e com aroma de amêndoa

  • Gouda: conhecido mundialmente, é de origem holandesa. No Brasil, é produzido de forma similar ao queijo prato, mas tem características típicas como massa mais macia, sabor suave ligeiramente adocicado, muitas olhaduras, textura macia e casca fina

  • Provolone: tem sua origem na região da Lombardia na Itália. É um dos queijos mais conhecidos do mundo. Tem diversos formatos e o peso varia de 200 gr a 5 kg. São amarrados com cordas ou redes sintéticas e secam pendurados, depois, são defumados até se obter a cor desejada da casca. O provolone com até três meses de envelhecimento é flexível e aveludado, com uma casca fina e encerada, e é conhecido como doce ou suave

Últimas notícias

Comentários