Especialista dá dicas de compra, consumo e armazenamento do queijo minas artesanal

Um erro muito comum é guardar o queijo típico das regiões mineiras dentro de um recipiente fechado na geladeira

por Encontro Digital 13/07/2017 14:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marinalva Soares/Emater-MG/Divulgação
Sabia que o queijo minas artesanal deve ser guardado em local fresco, arejado, longe do Sol e não pode sofrer mudanças drásticas de temperatura? (foto: Marinalva Soares/Emater-MG/Divulgação)
Puro ou em receitas, ele tem sido cada vez mais valorizado no cenário gastronômico e conquistado mais espaço na mesa dos consumidores. Mas você sabe quais são os cuidados necessários na hora de comprar o famoso "Queijo Minas Artesanal de Leite Cru" e como conservá-lo adequadamente para manter suas propriedades?

O especialista em queijo Elmer Almeida, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), explica que o esse tipo de queijo mineiro tem a massa prensada não cozida e a casca natural. "Mesmo que cada tipo tenha suas peculiaridades, adquiridas no processo de produção e de acordo com cada região de fabricação, algumas dicas comuns são fundamentais na hora de comprar, conservar e degustar a iguaria, preservando toda a sua riqueza sensorial", comenta o especialista.

O técnico da Emater-MG dás dicas para quem é apaixonado pelos premiados queijos mineiros:

Como comprar

Por ser um alimento feito com leite cru, você deve conhecer bem a origem e o ambiente de produção. Escolha queijos das regiões caracterizadas como produtoras tradicionais e que sejam, preferencialmente, produzidos nas propriedades cadastradas junto aos órgãos de vigilância sanitária. Prefira queijos com maturação acima de 10 dias e que estejam com acabamento e cor uniformes. Evite queijos artesanais com excesso de olhaduras (buracos) internos. O bom queijo tem sua massa bem compacta e lisa. "Por ser um alimento vivo, evite comprar queijos que estejam embalados em plástico por muito tempo, pois isso altera o sabor. Sempre que puder, procure saber a história do queijo que está adquirindo", afirma Elmer Almeida.

Como consumir

Ao comprar seu queijo artesanal, retire da embalagem imediatamente e lave em água corrente. Se possível, passe nele uma escova. Seque com papel toalha e o coloque sobre uma tábua de madeira para que ele "respire" e continue seu processo enzimático de amadurecimento. O ideal é que o queijo fique pelo menos uma hora na temperatura ambiente antes de ser consumido. "Ficando em temperatura ambiente, com o tempo, ele vai adquirindo uma cor dourada e acentuando o sabor", diz o especialista. Para degustar, faça cortes finos, longitudinais, de casca a casca, de modo que a fatia tenha a representação do sabor total do queijo. "Queijos maturados acompanham bem uma cachaça, uma cerveja gelada ou um bom vinho tinto. Doces em compotas harmonizam bem com estes queijos maturados", sugere o técnico da Emater-MG.

Como conservar

A melhor maneira de conservar o queijo artesanal, segundo o especialista, é mantê-lo em local fresco, protegido da luz direta e que seja arejado. Evite local que tenha variação de temperatura. "Cuide para que a umidade não seja excessiva e nem muito baixa. Deste modo, evitará que apareçam mofos ou que o queijo resseque em demasia. O ideal é que se tenha uma tábua de madeira como suporte", afirma Elmer. A tampa deve ser telada de modo a favorecer a "respiração" do queijo e impedir o acesso de moscas ou outros insetos. Evite colocar seu queijo sobre pratos ou vidros. A cada dois dias o queijo deve ser virado para que a casca fique com a coloração homogênea. "Com o tempo, vai acontecendo a mudança de sabor e textura, mas, isto é natural e até desejável. Se quiser diminuir o processo de maturação, você pode levar o queijo artesanal para a geladeira, embalado em filme plástico ou mesmo em papel manteiga. Coloque-o no compartimento de legumes e verduras. Nunca congele queijo artesanal", esclarece. Ele Lembra que antes de consumir o produto que está frio, ele deve ser lavado e deixado num local fresco para voltar à temperatura ambiente.

(com Agência Sebrae)

Últimas notícias

Comentários