Publicidade

Estado de Minas CIêNCIA

Casal de noruegueses descobre "GPS" do cérebro e ganha Nobel de medicina

Sistema, que tem células nervosas que criam coordenadas, é o responsável pela orientação espacial do ser humano


postado em 06/10/2014 12:43 / atualizado em 06/10/2014 13:09

O casal de noruegueses, May-Britt e Edvard Mosel, e o norte-americano John O’Keefe vão receber o Prêmio Nobel de Medicina 2014. O prêmio foi concedido pelas descobertas sobre as "células que constituem um sistema no cérebro de determinação da posição", uma espécie de GPS interno, segundo o júri.

Esse "GPS" no cérebro, semelhante ao sistema de posicionamento global que conhecemos hoje, permite que nos orientemos em determinado espaço, mostrando a base celular de uma função cognitiva superior, explica o júri do Nobel em comunicado. O sistema permite responder a questões simples, entre elas "como sabemos onde estamos? Como conseguimos encontrar o caminho entre um local e outro? Como guardamos essa informação de modo a poder encontrar rapidamente o caminho outra vez?".

O norte-americano-britânico John O’Keefe descobriu em 1971 o primeiro componente desse "GPS". Foi preciso esperar até 2005 para que May-Britt e Edvard Mosen identificassem outro componente-chave do sistema, células nervosas que criam coordenadas para determinar as posições. O prêmio de 8 milhões de coroas suecas, equivalente a R$ 2,7 milhões, será dividido em duas partes, metade para O’Keefe e metade para o casal Moser.

(com Agência Brasil)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade