Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Que tal um site de relacionamento que une pessoas pelo cheiro?

Isso mesmo. O que levam em conta é o odor natural dos usuários


postado em 17/02/2016 10:58

Se você está interessado em conhecer sua "alma gêmea" e quer usar a internet para isso, existem diversas opções de páginas e aplicativos que promovem encontros para se achar a "pessoa ideal". Mas, e se ao invés de fotos, textos e áudios, fosse possível iniciar um "romance" por meio do odor corporal? Apesar de soar excêntrica, essa ideia gerou o site Smell Dating, que promove relacionamentos baseados no cheiro dos usuários.

Criado pelo pesquisador Sam Lavigne, da Universidade de Nova Iorque, e pela designer conhecida por Tega Brain, em parceria com o portal Useless Press, o site de relacionamento Smell Dating funciona da seguinte forma: o usuário paga uma taxa de US$ 25 (cerca de R$ 100) e recebe em casa uma camisa, que deve ser usada por três dias consecutivos e, em seguida, enviada de volta à empresa. Após essa ação, o usuário recebe 10 amostras de roupas para que possa escolher um parceiro levando em conta apenas o olfato – a escolha do "melhor" cheiro é registrada no sistema do site, que envia para o interessado o telefone do "emissor do odor". Eles recomendam, ainda, que não se use perfume, desodorante ou sabonete perfumado durante a "odorização" da camisa.

"Na Smell Dating, nós entendemos que as métricas de compatibilidade são químicas. A conexão é baseada na ligação entre pessoas e não na interface usada. A internet tem substituído a experiência natural por visualizações chatas, avatares e imagens de perfis meticulosamente tratadas. Smell Dating acaba com a distância digital ao restabelecer sua 'intuição molecular'. Nossos membros fazem conexões por meio de vias muito intuitivas, aperfeiçoadas no antigo 'laboratório' da evolução humana", diz um dos textos explicativos do site de relacionamento.

Mas, para quem se interessou por esse meio inusitado de conhecer pessoas, saiba que o serviço do Smell Dating está restrito à cidade de Nova Iorque e vai será disponibilizado a apenas 100 usuários. Além disso, tudo indica que se trata de uma experiência acadêmica, já que o próprio site diz que não tem fins lucrativos e que o valor cobrado é apenas para custear os serviços de postagem das camisas.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade