Publicidade

Estado de Minas POLêMICA

Vídeo denuncia excesso de poluição nas águas dos Jogos Olímpicos do Rio

Em forma de animação, as imagens estão gerando polêmica por serem totalmente escrachadas, mostrando atletas vomitando e tendo diarreia


postado em 22/02/2016 09:42 / atualizado em 22/02/2016 10:37

"Água das Olimpíadas do Rio: Brasil promete terrível quantidade de esgoto, lixo e patogênicos", diz o título de um vídeo publicado no YouTube, no dia 19 de fevereiro, que está gerando polêmica na internet. Ele foi criado pelo canal TomoNews, que transforma notícias em animação, e é uma "vergonha" para os brasileiros.

As imagens feitas pelo estúdio chinês de animação Next, situado em Taipei, na ilha de Taiwan, são uma dura crítica à promessa feita pelo comitê olímpico brasileiro de que o Rio de Janeiro teria 80% do esgoto tratado até 2016, e que seria feita a limpeza e a revitalização da lagoa Rodrigo de Freitas, que deve receber provas de caiaque nas Olimpíadas deste ano.

O TomoNews diz, no texto publicado junto ao vídeo, que o porta-voz da Rio 2016, Mario Andrada, em entrevista ao canal de esportes ESPN, reconheceu que não foi possível fazer todas as obras necessárias para deixar as praias e a lagoa Rodrigo de Freitas em condição adequada. "Ninguém quer receber visitas numa casa suja. Então, se não somos aptos a alcançar um objetivo, precisamos manter o trabalho até o último minuto, para garantir que os atletas possam competir em águas seguras. E isso estamos fazendo", revela Andrada à ESPN.

A animação da Next é cheia de imagens fortes, com atletas nadando ou andando de caiaque em meio a uma quantidade enorme de lixo boiando numa água totalmente turva. Algumas cenas chegam a ser ainda mais escrachadas: tiveram a coragem de exibir o Cristo Redentor "evacuando" como se tivesse uma diarreia.

Segundo o texto publicado no vídeo do YouTube, atletas americanos estão sendo instruídos a tomarem vacina contra hepatite A, poliomielite e contra febre tifóide. Além disso, os equipamentos usados para a prática de caiaque serão limpos com água sanitária após cada evento. Aliás, segundo o TomONews, os próprios atletas terão de passar por uma "rígida" desinfecção após a prática de exercícios na água.

Confira abaixo o polêmico vídeo, em inglês:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade