Goldman Sachs prevê cinco medalhas de ouro para o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio

Em comparação com Londres 2012, é um aumento de quase 100%

por Encontro Digital 03/08/2016 09:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Wander Roberto/Inovafoto/CBV/Divulgação
Segundo previsão do banco Goldman Sachs, Brasil deve conquistar cinco medalhas de ouro na Rio 2016, igualando aos Jogos de Atenas, de 2004, mas com 10 medalhas a mais no ranking final (foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV/Divulgação)
Analistas do banco Goldman Sachs Group fizeram previsões sobre a classificação dos países no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, levando em conta as de ouro, segundo informações da agência de notícias econômicas Bloomberg.

De acordo com a previsão, o primeiro lugar no quadro de medalhas será ocupado pelos Estados Unidos (106 medalhas, sendo 45 de ouro), em seguida vem a China, com 89 medalhas (36 de ouro) e, em terceiro, o Reino Unido, com 59 no total, sendo 23 de ouro.

Ainda segundo a previsão do Goldman Sachs, nos Jogos do Rio 2016, o Brasil terá sua melhor performance até hoje. Os analistas preveem 22 medalhas para a delegação brasileira, sendo cinco de ouro – em 2012, na Olimpíada de Londres, nosso país conquistou três ouros e terminou em 22º lugar no quadro de medalhas.  Agora, a extimativa é que os brasileiros terminem em 16º lugar no ranking olímpico.

Em relação às medalhas de ouro, se essa previsão se concretizar, o Brasil terminará com a mesma posição que ocopu em 2004, nos Jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia. A diferença é que poderemos ter 10 medalhas a mais.

Em suas estimativas, o Goldman Sachs se baseia nas condições econômicas e políticas de determinado país e no nível de suas instituições públicas. População e sucessos anteriores nos Jogos Olímpicos são considerados também.

A mesma previsão feita para 2012, na véspera dos Jogos Olímpicos de Londres, gerou um acerto de 100% para o número de medalhas conquistadas pela equipe britânica, bem como para os 10 primeiros no ranking olímpico.

Abaixo, a expectativa de medalhas de ouro por país, segundo a Goldman Sachs:


Crédito: Twitter/business/Reprodução

Últimas notícias

Comentários