Já são 15 quebras de recorde olímpico na Rio 2016

Em quatro dias de Jogos Olímpicos, atletas mostram resultado acima das expectativas

por Encontro Digital 09/08/2016 10:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fernando Frazão/Agência Brasil/Divulgação
Nadadora norte-americana Katie Ledecky bate recorde mundial e leva medalha de ouro nos 400 m livre na Rio 2016 (foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Divulgação)
Mais cinco recordes olímpicos foram superados na segunda, dia 8 de agosto, nos Jogos Olímpicos do Rio de 2016. Desde a sexta-feira (5), quando começaram as competições que envolvem recordes, já foram quebradas 15 marcas olímpicas e sete mundiais.

Dos recordes quebrados na segunda-feira, três foram na natação. A húngara Katinka Hosszu concluiu a eliminatória dos 200 m medley em 2 minutos e 7,45 segundos. No sábado (6), a nadadora já tinha quebrado os recordes olímpico e mundial nos 400 m medley.

Nadadores

Outras duas marcas olímpicas foram superadas pelos nadadores norte-americanos Ryan Murphy, que fechou os 100 m costa masculino em 51,97 segundos, e Lilly King, que nadou os 100 m peito feminino em 1 minuto e 4,93 segundos. Os dois conseguiram a medalha de ouro com esses tempos.

No levantamento de peso, a tailandesa Sukanya Srisurat levantou 110 kg na prova de arranco, na categoria até 58 kg. Na prova de carabina de ar 10 m, o atirador italiano Niccolo Campriani estabeleceu um novo recorde olímpico ao conquistar 630,2 pontos. Tanto a tailandesa quanto o italiano conquistaram o ouro.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários