Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Japonesa morre atropelada por causa do Pokémon Go

A senhora de 72 anos foi vítima de um motorista que caçava as criaturas da Nintendo


postado em 26/08/2016 16:30 / atualizado em 26/08/2016 16:46

A cidade de Tokushima, localizada na ilha de Shikoku, no sul do arquipélago do Japão, foi palco de uma tragédia envolvendo o aplicativo mais popular da atualidade: o Pokémon Go. Após tantos boatos de que pessoas teriam sido vítimas desse jogo produzido pela Niantic, sob licença da Nintendo, finalmente (e tristemente) um caso real ocorreu. No dia 23 de agosto, na rodovia 192, um rapaz de 39 anos estava dirigindo um utilitário da Suzuki enquanto "caçava" pokémons. A falta de atenção fez com que atropelasse duas mulheres. Uma delas, uma senhora de 72 anos, acabou morrendo. As informações são da rede de televisão japonesa NHK.

A outra mulher sobreviveu ao acidente, mas foi internada devido aos graves ferimentos, incluindo traumatismo craniano.

A senhora japonesa acabou sendo a primeira vítima oficial do jogo que tem fascinado jovens em todo o mundo. Segundo a NHK, em julho, foram registrados 79 incidentes rodoviários relacionados ao Pokémon Go. Vale lembrar que o aplicativo foi lançado no dia 22 de julho no Japão.

Frente a tantos incidentes, as autoridades policiais japonesas passaram a realizar ações preventivas, distribuindo informativos sobre o perigo de se dirigir enquanto "caça" as criaturas do famoso anime.

No Brasil, o game foi liberado no dia 3 de agosto e já conquistou milhões de fãs, que aguardavam ansiosamente para instalar o jogo nos smartphones – até os atletas que participaram da Olimpíada do Rio de Janeiro reclamaram da ausência do aplicativo em nosso país.

(com Agência Sputnik)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade