Nasa leiloa por engano relíquia da missão Apollo 11

A Agência Espacial Norte-Americana está tentando recuperar uma bolsa usada no pouso na Lua em 1969

por Encontro Digital 12/08/2016 16:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gaston & Sheehan Auctioneers/Collectspace.com/Reprodução
O site da Nasa leiloou por engano uma bolsa usada pelos astronautas da missão espacial Apollo 11, do histórico pouso na Lula em 1969 (foto: Gaston & Sheehan Auctioneers/Collectspace.com/Reprodução)
A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) leiloou acidentalmente um artefato que fez parte da missão Apollo 11, a mais importante da história espacial dos Estados Unidos, por ser responsável pelo pouso na Lua, em 1969. Segundo o canal de notícias americano Sky News, a Nasa está tentando cancelar o leilão e recuperar a relíquia, que é uma bolsa usada pelos astronautas para guardar materiais retirados do solo lunar.

Os astronautas americanos Neil Armstrong e Buzz Aldrin deixaram o módulo Eagle, da nave espacial Apollo 11, e pisaram no solo da Lua em em 20 julho de 1969. Telespectadores em todo o mundo acompanharam essa ação inédita e revolucionária, que foi um marco na história da humanidade.

A bolsa foi vendida porque teria havido um erro no sistema da Nasa e a relíquia acabou sendo colocada no leilão de "materiais do espaço", que é tradicional da agência.

Quem comprou o artefato da Apollo 11 foi Nancy Carlson, que mora no estado de Illinois (EUA). A bolsa foi vendida por US$ 995 (cerca de R$ 3 mil). Logo após a aquisição, a Nasa emitiu um comunicado de que se tratava de "um artefato raro, um tesouro nacional". O erro foi descoberto quando o comprador enviou a bolsa de volta para a própria agência, para que fosse feita a autenticação.

Numa atitude pouco usual, a Nasa decidiu reter a relíquia e está tentando resgatar, juntamente com autoridades federais, o direito de propriedade.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários