Publicidade

Estado de Minas RIO 2016

Voo do 14-Bis na cerimônia de abertura da Rio 2016 gera '3ª Guerra Memeal' no Twitter

Americanos e brasileiros travaram uma 'luta' pela patente do avião, após Santos Dumont aparecer na festa da Olimpíada do Rio


postado em 06/08/2016 08:01 / atualizado em 06/08/2016 08:15

"Flight shade" foi como ficou conhecida, entre os americanos no Twitter, a menção ao inventor brasileiro Alberto Santos Dumont na cerimônia de abertura da Rio 2016.

A palavra shade (sombra ou, como verbo, fazer sombra) é uma gíria nos Estados Unidos para "desprezar alguém" ou o equivalente ao "tirar onda" brasileiro.

A referência a Santos Dumont ocorreu no início da cerimônia, com a aparição do avião 14-Bis, com o qual o inventor mineiro voou 60 metros pelo Campo de Bagatelle, em Paris, no dia 23 de outubro de 1906. Ele já era conhecido como o criador do primeiro balão-dirigível do mundo.

Mas três anos antes do voo do 14-Bis, em 1903, os irmãos Wilbur e Orville Wright, dos Estados Unidos, voaram 260 metros, decolando de uma colina em na praia de Kitty Hawk, na Carolina do Norte. Eles não tiveram testemunhas e contaram o feito por telegrama.

Até hoje, não há uma versão definitiva, e reconhecida internacionalmente, para a paternidade da aviação.

Pouco depois da exibição do 14-Bis, um americano brincou no Twitter: "O Brasil está tirando muita onda de primeiro da aviação. Na próxima olimpíada reivindicamos a caipirinha".

Até o jogador americano de futebol Trevor Spangenberg entrou na polêmica. "Então o Brasil acha que eles inventaram o avião? Os irmãos Wright estão olhando para baixo agora e rindo", afirmou.

Os brasileiros foram rápidos em respondê-lo: "Quem é você na fila do pão?", disse um. E outro, comentou: "Os caras não sabem nem usar celular com dois chips e acham que inventaram a aviação".





"Terceira Guerra Memeal"

Alguns dos brasileiros se apressaram em esclarecer que o foco da controvérsias seriam não os pais do veículo, mas quem teriam sido os primeiros a construir uma máquina mais pesada que o ar que conseguisse decolar, voar e pousar sozinha.

Os Wright, alguns afirmam, foram "catapultados" – dado também não confirmado pelos relatos históricos.

"Cronologicamente falando, os irmãos Wright 'levantaram voo' antes, mas Santos Dumont foi o primeiro a controlar um objeto mais pesado que o ar", diz um usuário no Twitter.

Outros comentaristas pediram "respeito" ao popular personagem histórico brasileiro e sugeriram que americanos pesquisassem sobre ele no Google.

Apesar de algumas agressões mútuas, no entanto, a polêmica foi tratada por ambos os lados como mais uma das "brigas de brincadeira" compradas pela internet.

"Brasileiros dizem que eles inventaram o voo e que os irmãos Wright são fraudes. Tomarei isso como um ataque à América. Somos inimigos agora, Brasil', afirmou um americano.

"Começo a achar que esse negócio do Santos Dumont X Wright Brothers será o estopim para a Terceira Guerra Memeal", comentou um brasileiro, referindo-se à maneira como ficaram conhecidas as outras batalhas de memes com outras nacionalidades travadas no Twitter.

A primeira e a segunda, ambas no mês de junho, foram contra Portugal e Argentina. Os brasileiros dizem ter saído vencedores.

(com BBC Brasil)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade