Um dos menores jornais do mundo, editado em Minas, volta a circular

O Vossa Senhoria é produzido na cidade de Divinópolis e tem só 3,5 cm por 2,5 cm

por Vinícius Andrade 08/09/2016 08:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Vossasenhoria.com.br/Reprodução
Depois de uma "pausa", o jornal Vossa Senhoria, que já foi considerado o menor do mundo, volta a circular, produzido na cidade de Divinópolis, centro-oeste de Minas (foto: Vossasenhoria.com.br/Reprodução)
Imagine um jornal que pode ser carregado no bolso da camisa e até ser usado como chaveiro. Com apenas 3,5 cm por 2,5 cm, o jornal Vossa Senhoria voltou a circular em agosto, na cidade de Divinópolis, região centro-oeste de Minas Gerais. A publicação já foi considerada a menor do mundo, reconhecida pelo livro dos recordes Guinness Book – hoje, o título está com o Terra Nostra, de Portugal, que possui incríveis 1,82 cm x 2,53 cm.

O Vossa Senhoria foi fundado em Goiás, em 18 de agosto de 1935, pelo jornalista mineiro Leônidas Schwindt, que permaneceu na direção do periódico até 1956. A sede do jornal, assim como seu criador, sempre foi nômade. As edições costumavam ser semanais e já foram publicadas em cidades mineiras como Abaeté, Belo Horizonte e Pitangui. Atualmente, está sendo produzido em Divinópolis, a 117 km da capital mineira.

Originalmente, o jornal possuía 9 cm por 6 cm, passando depois para 10 cm por 7 cm – hoje foi reduzido para menos da metade deste tamanto. O conteúdo político, no entanto, sempre se manteve. As publicações, sempre recheadas de críticas, levaram à censura do Vossa Senhoria  durante o governo de Getúlio Vargas, em 1955.

O periódico ficou 30 anos parado, até que a filha de Leônidas, Dolores Schwindt, voltou a editá-lo, em Divinópolis. Ciente de que haviam publicações menores, a jornalista alterou seu formato para 3,5 cm por 2,5 cm. Com a mudança, o Vossa Sehoria ganhou lugar no Guinness Book como o menor jornal do mundo em 23 de março de 2000. Atualmente, o conteúdo é editado pela jornalista e escritora Leida Reis.

Mesmo com o tamanho restrito (permite apenas 200 caracteres por página, quase um antecessor do Twitter), o jornal possui até correspondentes internacionais. A primeira edição após uma pausa nos anos 2000, por exemplo, traz um texto da videomaker Andrea Vizeu, que, de Nova Iorque, fala sobre o movimento de brasileiros contrários ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Outra curiosidade do Vossa Senhoria são as duas páginas em inglês que ele traz, e que são feitas para atender as assinaturas internacionais. Dos 5 mil exemplares distribuídos mensalmente, 2% costumam ser enviados para assinantes que moram no exterior. O jornal é vendido por R$ 5 e a assinatura anual, que inclui 12 exemplares, custa R$ 60.

Últimas notícias

Comentários