Publicidade

Estado de Minas POLíTICA

Bolsonaro pode ser processado pelo Conselho de Ética da Câmara

Relator do processo contra o deputado deu parecer favorável à denúncia


postado em 05/10/2016 11:44

O relator da representação do PV contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Odorico Monteiro (PROS-CE), apresentou seu parecer ao colegiado recomendando que a denúncia seja aceita e que o parlamentar seja processado por quebra de decoro. Como houve pedido de vista do parecer do relator, a votação foi adiada por duas sessões do colegiado.

A representação foi apresentada ao conselho pelo PV, porque na sessão de votação na Câmara da admissibilidade do processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, Bolsonaro prestou homenagem ao coronel Brilhante Ustra. O partido argumenta que a referência ao coronel constitui "verdadeira apologia ao crime de tortura".

Também na reunião de apreciação do parecer contra Bolsonaro também foi lido o relatório do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) referente à representação feita contra o deputado Wladimir Costa (SD-PA) – por suposta ofensa ao Partido dos Trabalhadores na votação da admissibilidade do impeachment de Dilma. O relator propôs o arquivamento da representação, mesmo assim o parecer precisa ser discutido e votado.

(com Agência Brasil)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade