Em comício, Donald Trump confirma construção de muro na fronteira com o México

O bilionário e presidente eleito dos Estados Unidos diz que é preciso deixar os imigrantes de 'fora' do país

por Encontro Digital 02/12/2016 11:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Michael Vadon/Republican Party/Divulgação
(foto: Michael Vadon/Republican Party/Divulgação)
Em seu primeiro comício após ser eleito presidente dos Estados Unidos, o magnata Donald Trump, do Partido Republicano, voltou a afirmar que construirá um muro na fronteira com o México.

"Teremos um grande muro na fronteira", diz o polêmico bilionário em evento realizado na noite de quinta, dia 1º de dezembro, no estado de Ohio (EUA). Ainda sobre a questão dos imigrantes, o presidente eleito voltou a dizer que irá impedir que pessoas de países com problemas com o terrorismo entrem nos Estados Unidos.

"Não sabemos quem são, de onde eles vêm, o que pensam. Nós os deixaremos fora do nosso país. A violenta atrocidade em Ohio demonstra a ameaça à segurança que foi criada por nossos muitos estúpidos programas sobre refugiados políticos", diz Trump sobre o ataque provocado por um somali em uma universidade da cidade, que deixou 11 pessoas feridas, no final de novembro.

Donald Trump, no entanto, voltou a pedir a união dos americanos, lembrando que o período eleitoral já passou. "Somos um país dividido, mas não permaneceremos divididos por um longo tempo. Reunificarei o país porque, para vencer, precisamos de todos os americanos, sem distinção de raça, idade, renda e geografia. Agora é tempo de unir-se", afirma o magnata.

O republicano ainda se defendeu das críticas de que está formando um governo de bilionários, nomeando apenas pessoas que possuem um alto poder aquisitivo. "Eles são ricos porque sabem fazer dinheiro", comenta.

(com Agência Ansa e Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários