Publicidade

Estado de Minas INTERNET

Será que teremos seis dias de escuridão na Terra, em dezembro?

Saiba mais sobre o boato do blecaute mundial, que está circulando nas redes sociais


postado em 09/12/2016 15:41

Muitas pessoas estão assustadas com um possível "blecaute gigante" que pode deixar a Terra numa escuridão total por seis dias, de 16 a 22 de dezembro deste ano. Mas, será que um fenômeno desta magnitude realmente estaria prestes a acontecer? Na mensagem que está circulando pelas redes sociais, especialmente no Facebook, a informação é de que "o chefe da Nasa, Charles Bolden, que fez o anúncio, pediu a todos que mantenham a calma. Este será o produto de uma tempestade solar, a maior dos últimos 250 anos, por um período total de 216 horas".

Porém, como de costume quando se trata de notícias apocalípticas, esse "blecaute" não passe de uma mentira. Como mostra o site brasileiro E-Farsas, especializado em desbancar boatos da internet, essa informação de que um suposto eclipse deixaria a Terra sem luz solar por seis dias foi originalmente publicada em 2014 no blog inglês de humor Huzlers. Quem observa o rodapé da página desse blog satírico já entende qual a função deles: "Huzlers.com é site mundialmente conhecido por seu entretenimento falso e de sátira. Se é tendência em mídias sociais, você vai encontrar aqui".

Além dessa prova incontestável de que o texto traduzido do falso eclipse foi apenas "atualizado" para que o "fenômeno" ocorresse em 2016, ao invés de 2014, na época em que o boato estava mais forte na internet, a própria Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) usou a área de "Perguntas e Respostas" de seu site oficial para esclarecer os cidadãos.

"Nasa ou nenhuma outra organização científica está prevendo um blecaute dessa magnitude. As notícias falsas dizem que uma espécie de 'alinhamento no Universo' será responsável pelo blecaute. Não existe esse alinhamento. Outras versões citam uma mensagem de emergência do administrador da Nasa Charles Bolden. Porém, essa mensagem dele era apenas uma forma de encorajar as pessoas a estarem preparadas em situações de emergência, gravada para uma campanha governamental maior, sobre como agir em urgências. Nunca foi mencionado um blecaute", informa a Nasa, no texto de 2014.

Cuidado ao espalhar falsas notícias alarmistas que existem aos montes nas redes sociais. Sempre cheque a fonte da informação(foto: Facebook/Reprodução)
Cuidado ao espalhar falsas notícias alarmistas que existem aos montes nas redes sociais. Sempre cheque a fonte da informação (foto: Facebook/Reprodução)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade