Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL

Mais um brasileiro pode levar o prêmio Puskás, da Fifa

O meia Marlone, do Corinthians, concorre com um malaio e uma venezuelana


postado em 05/01/2017 17:15

A próxima segunda-feira, dia 9 de janeiro, pode se tornar histórica para o meia Marlone, pretendido pelo Atlético-MG, mas que, atualmente, faz parte do elenco do Corinthians. Ele concorre à eleição de gol mais bonito do mundo, no prêmio Puskás, e participará da cerimônia na sede da Fifa, na Suíça. O brasileiro disputa o prêmio com os jogadores Mohd Faiz Subri, da Malásia, e Daniuska Rodríguez, da Venezuela. O golaço de Marlone foi marcado contra o Cobresal, pela Copa Libertadores, no dia 20 de abril de 2016.

O prêmio Puskás, criado em homenagem ao ex-jogador húngaro que atuou pelo Real Madrid nos anos 1950 e 1960, é decidido por votação popular. Por isso, desde o momento em que soube que estava concorrendo, Marlone recorreu às redes sociais para pedir o apoio dos fãs e torcedores.

E quando o assunto é movimentar a internet, o Brasil é imbatível. Na última edição da premiação, o gol do então desconhecido Wendell Lira, que estava no Goianésia, foi eleito o mais bonito do mundo, graças a uma "ajudinha" da internet. O brasileiro contou com o apoio de um dos maiores blogs de humor do Brasil, o Não Salvo, e do canal do YouTube Desimpedidos, para desbancar Lionel Messi e Alessandro Florenzi.

Esta é a oitava edição do Puskás. Os vencedores, até hoje, foram: Cristiano Ronaldo (2009), Hamit Altintop (2010), Neymar (2011), Miroslav Stoch (2012), Zlatan Ibrahimovic (2013), James Rodríguez (2014) e Wendell Lira (2015).

Marlone no Galo?

Não é segredo para ninguém que o técnico do Atlético, Roger Machado, deseja contar com Marlone para a temporada 2017. Porém, a diretoria do Corinthians está resistente em liberar o meia, que teve 50% dos direitos econômicos comprados pelo clube paulista em 2016 por cerca de R$ 4 milhões.

A proposta do Galo para tirar Marlone de São Paulo gira em torno de R$ 10 milhões por 100% dos direitos econômicos do jogador. O Corinthians, no entanto, quer o pagamento à vista, enquanto o Atlético deseja parcelar.

Aqui está o belo gol do Marlone:



Compare com o golaço de Mohd Subri:


E, aqui, a bela jogada de Daniuska:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade