Publicidade

Estado de Minas INTERNET

Professora de ioga aparece menstruada em vídeo e causa polêmica

A americana fez questão de mostrar que a menstruação não é um 'bicho de sete cabeças'


postado em 15/02/2017 09:25 / atualizado em 15/02/2017 11:10

A professora americana de ioga Stephanie Góngora, de 30 anos, causou polêmica no início de fevereiro deste ano, ao publicar um vídeo em sua conta no Instagram, que é intitulada Casa Colibri. Isso porque, na gravação, ela está vestindo uma calça branca e fez questão de mostrar que estava menstruada. Logo que seus mais de 270 mil seguidores assistiram às imagens, teve início uma discussão sobre essa situação, comum para as mulheres em todo o mundo. Já são mais de 6 mil comentários e 300 mil visualizações na publicação da professora.
"Eu sou uma mulher, então, eu 'sangro'. É chato, é doloroso, é terrível e é lindo. E, sim, você não precisaria saber. Porque eu costumo esconder", diz Stephanie no texto que acompanha o polêmico vídeo no Instagram. Ela faz questão de chamar a atenção para as mulheres que sofrem com os efeitos colaterais da TPM e para as que deixam de ir à aula ou ao trabalho por medo de que um "acidente" possa acontecer, mesmo usando absorvente. "Há centenas de anos nossa cultura nos deixou envergonhadas por 'sangrar'. Isso nos fez sentir culpadas e 'sujas'. Parem de usar apelidos para a menstruação. Parem de gastar esforço tentando esconder algo que traduz a perpetuação da espécie", completa a professora de ioga.

Muitos internautas ficaram divididos em relação à atitude da americana, que decidiu tornar pública uma situação comum para as mulheres, mas que, em nossa sociedade, ainda é considerado um tabu. "Aí ela chega em casa, tira a calça suja de sangue 'empoderado' e dá para a empregada lavar. Esquerda caviar", comenta o usuário intitulado Briciuss. "Obrigado @casa_colibri! Lindo de ver e de ler. Me fez sentir muito natural e feminina, sintonizada com a natureza", elogia Maure_transformational_healing. "Por que você sujaria sua calcinha e sua roupa? Não entendo a questão", esranha a internauta Queen.kunta". "Então, eu assumo que você não veste calcinha e que limpa quando suja?", questiona Speck634. "Muito nojento! Que asco!", critica o usuário Lsumty83. "Eu acho que esta é uma mensagem importante, mas também acredito que não devemos 'sangrar' nas roupas e nos móveis de outras pessoas, sem falar nas doenças que podem ser transmitidas pelo sangue. É a razão pela qual o sangue das outras pessoas me deixa desconfortável. Eu não sei de onde vem", afirma Yourinstagramstalker. "Isso é absolutamente maravilhoso. Mulheres precisam passar por isso todos os meses e, às vezes, por mais tempo. É legal ver que alguém assume essa causa e mostra que acontece com qualquer f~emea ao menos uma ou duas vezes. Continue e se mantenha forte", diz o perfil Livingdeadgirlnyd na rede social de imagens.

Confira, abaixo, o vídeo com a polêmica aula de ioga de Stephanie Góngora:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade