A partir do dia 28, 30 novos radares entram em operação em Minas Gerais

Segundo o DEER/MG, a principal função do equipamento é garantir a segurança nas rodovias, coibindo o excesso de velocidade

por Encontro Digital 27/03/2017 09:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Mércia Lemos/Setop/Divulgação
Os 30 novos radares nas rodovias controladas pelo governo de Minas passam a multar no dia 28 de março (foto: Mércia Lemos/Setop/Divulgação)
A partir de terça-feira, dia 28 de março, 30 novos radares fixos entrarão em operação nas rodovias mineiras sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). Instalados em locais com grande circulação, todos esses equipamentos já estão ligados desde o dia 21 de março, funcionando em modo educativo.

Os dispositivos de controle eletrônico de velocidade estão localizados nos seguintes municípios:

  • São João Evangelista (MG-314, quilômetro 0,1)

  • Senhora do Porto (MGC-120, quilômetro 348,5)

  • Virginópolis (MGC-259, quilômetro 279,0)

  • Montes Claros (LMG-653, quilômetro 15,0, e MGC-135, quilômetro 347,9)

  • Diamantina (BR-367, quilômetros 563,3 e 563,5 e MGC-367, quilômetros 582,6, 582,7, 587,9)

  • Serro (MGC-259, quilômetro 417,0)

  • Curvelo (MGC-259, quilômetro 558,8)

  • Felixlândia (MGC-259, quilômetro 584,8)

  • Conceição do Rio Verde (BR-267, quilômetro 326,4)

  • Três Corações (LMG-862, quilômetro 48,2)

  • São Thomé das Letras (LMG-868, quilômetro 8,4)

  • Cambuquira (MG-167, quilômetro 98,6)

  • Itabira (LMG-779, quilômetro 4,4)

  • Catas Altas (MG-129, quilômetro 91,6 e 91,8)

  • São Gonçalo do Rio Abaixo (MG-434, quilômetro 11,3)

  • Ferros (MGC-120, quilômetro 380,6)

  • Santa Maria de Itabira (MGC-120, quilômetros, 398,0 e 417,17)

  • Poços de Caldas (LMG-877, quilômetro 24,6, em Poços de Caldas)

  • Pouso Alegre (MG-290, quilômetros 0,1 e 0,8)

  • Brasópolis (MG-295, quilômetro 25,7)

  • Rubelita (MGC-342, quilômetro 298,2)

  • Capelinha (LMG-721, quilômetro 18,1)

Segundo o DEER/MG, a principal função dos radares é proporcionar segurança nas rodovias, coibindo o excesso de velocidade. Todos os trechos foram sinalizados com placas de velocidade máxima permitida, podendo ser 40, 60 ou 80 km/h.

Os veículos que excederem os limites estabelecidos serão autuados. O DEER/MG lembra que o respeito à sinalização e aos limites de velocidade é a atitude mais consciente para garantir viagens seguras.

Outros radares já estão em funcionamento em todo o estado, veja abaixo:



(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários