Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Inflação em março é a menor registrada desde 2012

A taxa do IPCA só não foi menor porque houve aumento nas contas de energia elétrica devido à bandeira amarela


postado em 07/04/2017 10:40

A inflação oficial do Brasil, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou março em 0,25%, com queda de 0,08 ponto percentual em relação ao registrado de fevereiro (0,33%) e a menor taxa já verificada para os meses de março desde 2012, quando atingiu 0,21%.

Com o resultado, a inflação acumulada no primeiro trimestre de 2017 é de 0,96%, a menor taxa de toda a série histórica – sem levar em conta as mudanças na moeda. No primeiro trimestre de 2016, o IPCA acumulado era de 2,62%. A inflação dos últimos 12 meses é de 4,57%.

Os dados relativos ao IPCA, indicador que serve de parâmetro para a meta inflacionária fixada pelo Banco Central (BC), foram divulgados nesta sexta, dia 7 de abril, no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística  (IBGE). Em março do ano passado, o IPCA havia variado 0,43%.

Energia elétrica

Segundo o IBGE, o principal impacto para a alta no índice de março foi a conta de energia elétrica, que respondeu por 0,15 ponto percentual. A conta de luz subiu no mês 4,43% e levou o grupo habitação a registrar elevação de 1,18%, a mais elevada variação de grupo.

Para o IBGE, o resultado do item energia elétrica reflete a cobrança da bandeira tarifária amarela no valor de R$ 2 a cada 100 quilowatts-hora (kwh) consumidos, aliado também a aumentos ou reduções nas parcelas do PIS/Cofins , dependendo da região pesquisada.

(com Agência Brasil)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade