Publicidade

Estado de Minas BRASIL

Ministério do Trabalho lança aplicativo do Sine

O trabalhador poderá encontrar vagas de emprego e informações sobre seguro-desemprego


postado em 23/05/2017 16:33

O Ministério do Trabalho lançou nesta terça-feira, dia 23 de maio, o aplicativo Sine Fácil, desenvolvido pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), para que os trabalhadores desemrpegados encontrem, de forma prática e rápida, vagas adequadas ao seu perfil. O app também permite que o usuário acompanhe a situação do benefício do seguro-desemprego e tenha acesso a informações sobre abono salarial, entre outros serviços.

"A ideia é que o aplicativo móvel o ajude a encontrar, de forma rápida e prática, uma nova atividade", destaca André Leandro Magalhães, presidente da Dataprev, que participou do lançamento ao lado do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

O aplicativo permite que sejam feitas inúmeras consultas a vagas de emprego, em qualquer horário e em qualquer local, sem a necessidade de o trabalhador se deslocar até um posto de atendimento esperar em filas. O Sine Fácil é gratuito, já está disponível para o sistema operacional Android e em breve será oferecido para a plataforma iOS.

Para usar o app, o trabalhador precisa ter um código de acesso (QR Code) obtido no portal Emprega Brasil, plataforma que reúne diversos serviços do Ministério do Trabalho. No portal, o trabalhador também encontra informações variadas, como oferta de vagas, cursos de qualificação profissional, concessão de seguro-desemprego, entre outras.

O código de acesso é individual, o que garante segurança às informações e agilidade no atendimento. Ele pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica e, após a decodificação, passa a ter conteúdo informativo.

O aplicativo também tem serviços para os empregadores, que podem encontrar mais rapidamente profissionais com o perfil desejado. Em uma versão futura, será possível também verificar currículos, selecionar trabalhadores para participar de processos seletivos e consultar entrevistas agendadas.

(com Agência Brasil)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade