Inverno será de tempo seco e frio em Minas Gerais

Instituto Nacional de Meteorologia não prevê mudanças na ocorrência de chuvas em grande parte do sudeste do país

por Encontro Digital 20/06/2017 08:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Com a chegada do Inverno e as consequentes massas de ar polar, provenientes do sul do continente, teremos a ocorrência de geada e até neve em algumas partes do Brasil (foto: Pixabay)
O Inverno no Hemisfério Sul começa nesta quarta-feira, dia 21 de junho, à 1h24. A estação, que segue até o dia 22 de setembro às 17h02, é marcada por um período menos chuvoso nas regiões sudeste, centro-oeste e na maior parte do norte do país. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), neste ano, as chances de ocorrência do fenômeno El Niño diminuíram bastante. Mesmo que haja confirmação do fenômeno, ele será de baixa intensidade.

O período também se caracteriza pela chegada de massas de ar frio, procedentes do sul do continente, que derrubam as temperaturas. Essa queda pode provocar formação de geadas no sul, sudeste e em Mato Grosso do Sul; neve nas áreas serranas e de planalto no sul do país; e friagem em Rondônia, no Acre e sul do Amazonas.

Estradas e aeroportos devem sofrer impactos pela formação de nevoeiros e/ou névoa úmida nas regiões sul, sudeste e centro-oeste, que reduzem a visibilidade no período da manhã. Com a redução das chuvas, diminui a umidade do ar, que favorece o aumento de queimadas e incêndios florestais, assim como a ocorrência de doenças respiratórias.

O tempo seco é a principal característica da nova estação na região sudeste, especialmente em Minas Gerais. A previsão do Inmet é de que as chuvas devem permanecer dentro do esperado para o período, exceto em São Paulo e no sul do Rio de Janeiro, onde podem ocorrer acima da média. As temperaturas devem permanecer acima da média em grande parte da região, mas, em alguns pontos, massas de ar frio podem provocar declínio acentuado da temperatura e formação de geada.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários