Publicidade

Estado de Minas ENEM

Especialista aponta temas que podem cair no Enem 2017

Humanas, biológicas, exatas e redação testam os milhões de candidatos


postado em 28/09/2017 13:46

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi criado em 1998 e sofreu grandes mudanças desde então. Atualmente, a prova, que será aplicada em 1.724 municípios, para 6.731.203 inscritos, nos dias 5 e 12 de novembro, é uma das principais portas de entrada para as universidades públicas brasileiras. Seu formato é de 180 questões de múltipla escolha que abrangem o conteúdo das matérias do ensino médio, além de uma redação e uma língua estrangeira escolhida pelo candidato.

Resolver provas antigas ajuda a identificar os temas que mais caem na prova. Além disso, para ajudar os candidatos, Guilherme Maynard, diretor da Prepara Cursos, relaciona, abaixo, o conteúdo que deve ser exigido em cada tipo de exame. Confira!

Ciências humanas, linguagens, códigos e suas tecnologias

As provas costumam dar prioridade para temas relacionados a questões ambientais, sociais e políticas. Impactos da tecnologia na sociedade, questões de cidadania, História do Brasil, problemas urbanos e meio-ambiente caem bastante nas provas de História, Geografia, Sociologia e Filosofia. "A prova de Português exige bastante interpretação de texto, conhecimento de gêneros textuais, de figuras e funções de linguagem, literatura e gramática", comenta Guilherme. Já para os testes de língua estrangeira, é importante estar atento à gramática e também à interpretação de texto.

Matemática e suas tecnologias

A prova aborda o conhecimento específico da área. "Funções, probabilidade, geometria, estatística e análise combinatória são assuntos que sempre estão presentes na prova de Matemática", aponta o especialista. Mecânica, conceitos de energia, eletricidade e termofísica caem bastante na prova de Física. Em Química, é importante o aluno dominar funções orgânicas, exercícios que calculam pH, equilíbrios químicos e termoquímica.

Ciências da natureza e suas tecnologias

O candidato deve estar atualizado em temas que estão em alta como ecologia e genética. Evolução e fisiologia humana são temas mais clássicos que também costumam cair na prova, na opinião do diretor de cursinho preparatório.

Redação

É importante que o aluno esteja acompanhando as notícias e treinando a escrita com frequência. "Nossa experiência com os alunos do curso preparatório para o Enem mostra que muitos assuntos se repetem, mas é importante se manter atualizado no que está acontecendo no mundo", diz Guilherme Maynard.

No início, pode parecer difícil se preparar para uma prova tão cheia de conteúdo, mas, com organização e imposição de metas, é possível. Buscar ajuda de professores qualificados também é muito importante no processo de aprendizado. "Se dedicar aos estudos é a chave para o sucesso profissional", conclui o especialista.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade