Publicidade

Estado de Minas ESPORTE

Belo Horizonte receberá o inédito clássico entre Brasil e Argentina no futebol americano

O palco do confronto será o estádio Mineirão, que fica na região da Pampulha


postado em 25/10/2017 08:52 / atualizado em 25/10/2017 09:18

Palco de inúmeros clássicos do futebol, o estádio Mineirão viverá, pela primeira vez em sua história, no dia 16 de dezembro deste ano, uma rivalidade mundial que, até então, só era vista em eliminatórias da Copa do Mundo e amistosos. Com apoio da secretaria de estado de Esportes (Seesp), o "Gigante da Pampulha" receberá o primeiro confronto entre Brasil e Argentina no futebol americano.

A notícia do "clássico" da modalidade foi divulgada na terça-feira, dia 24 de outubro, em coletiva de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), realizada no próprio estádio. Na oportunidade, foram anunciados os 45 jogadores que representarão a Seleção Brasileira da modalidade, conhecida como Brasil Onças, no amistoso contra a Argentina.

A chefe de gabinete da Seesp, Mércia Gonçalves, disse estar convicta de que o amistoso ajudará a alavancar ainda mais a visibilidade da modalidade e desejou sucesso aos representantes da seleção que foram convocados na coletiva. "A secretaria apoia institucionalmente o futebol americano desde o ano passado e esperamos que gestores públicos de outras regiões do país façam o mesmo. Com esse apoio levamos o conhecimento de diferentes modalidades para a população, sobretudo, para as nossas crianças e jovens que terão mais opções para torcer e até mesmo para a prática esportiva", comenta a representante da Seesp.

Convocação

As equipes que mais tiveram jogadores convocados foram a Sada/Cruzeiro, de Minas Gerais; a João Pessoa Espectros, da Paraíba; e a Timbó Rex, de Santa Catarina. Todas vão ceder nove atletas. A média de idade da equipe brasileira é de 26 anos, um a menos do que a seleção que disputou a Copa do Mundo de 2015. Outra curiosidade é que apenas 16 atletas que disputaram o mundial foram convocados, mostrando que a seleção passa por uma grande renovação.

Outro anúncio feito durante a coletiva é que, em 2018, a seleção fará mais dois amistosos, um em julho e outro em dezembro, ainda com adversários indefinidos. "Além de reunir os jogadores de diferentes equipes, manteremos nossa seleção ativa e evoluindo como um todo. Nossa ideia é chegar bem forte no mundial de 2019", afirma Rogério Pimentel, presidente da CBFA.

Para quem quiser acompanhar o primeiro clássico de futebol americano entre Brasil e Argentina, a transmissão será feita para todo o Brasil pelos canal ESPN, da TV pro assinatura.

Confira a lista completa de todos os jogadores convocados:



Saiba como é um campo de futebol americano:


Entenda melhor o esporte típico dos Estados Unidos:

(com Agência Minas)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade