Publicidade

Estado de Minas PET

Osteoartrite também afeta os cães, especialmente os mais idosos

Problema que atinge as articulações não tem cura, mas é possível melhorar a qualidade de vida do pet


postado em 17/11/2017 10:34 / atualizado em 17/11/2017 10:38

Você sabia que a osteoartrite, um problema bem comum entre os seres humanos, também acomete de forma recorrentes os cachorros? Pois é, o problema aflige principalmente os animais adultos e idosos. Por ser uma enfermidade crônica, não existe cura e pode afetar a qualidade de vida dos cães.

Atualmente, a expectativa de vida dos pets aumentou consideravelmente, como resultado da preocupação dos tutores em proporcionar melhor qualidade de vida para os "melhores amigos" e devido às empresas, que investem cada vez mais em pesquisa e desenvolvimento de soluções para a saúde animal. Mas, com o passar do tempo, os bichinhos, inevitavelmente, podem enfrentar dificuldades de locomoção devido à osteoartrite, que causa desgaste das articulações. Para que eles possam viver mais confortavelmente, a recomendação é que sejam feitas visitas periódicas ao veterinário e o uso de anti-inflamatório ou outros remédios prescritos pelo profissional em saúde animal.

Os tratamentos que agem no controle da dor e da inflamação nos cães, com diminuição de efeitos colaterais como vômitos, problemas gástricos ou renais, entre outros, ajudam o pet a ter melhor qualidade de vida, sem sofrimento. "O tutor deve ficar atento ao comportamento do animal, observando alterações na locomoção ou as atitudes. Deve procurar um médico-veterinário e utilizar medicamentos que atuam com eficácia no alívio dos sintomas dos mais diversos tipos e intensidade de dor, permitindo ao cão se movimentar e retomar o seu ritmo normal de vida", explica Fabiana Porto, gerente de produtos da farmacêutica Boehringer Ingelheim.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade