Sinal analógico é desligado em Belo Horizonte e em 38 cidades nesta sexta, dia 22 de novembro

Você está preparado para receber o sinal digital da TV aberta?

por Encontro Digital 21/11/2017 16:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jornalregional.com.br/Reprodução
Para receber o sinal digital da TV aberta, é necessário um kit de decodificador e antena, caso seu aparelho seja mais antigo (foto: Jornalregional.com.br/Reprodução)
Nesta sexta, dia 22 de novembro, os moradores de Belo Horizonte e de 38 cidades do entorno da capital mineira deixarão de receber o sinal de TV analógica. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), cerca de 90% das residências nesses municípios já estão aptas a receber o sinal digital. As famílias de baixa renda que participam de programas do governo federal, como o Bolsa Família, puderam adquirir gratuitamente o kit digital (decodificador e antena, para quem tem TV antiga).

Conforme a Anatel, a digitalização da TV aberta proporciona maior qualidade de som e imagem, além de trazer outras vantagens, como a interatividade. Com o desligamento do sinal analógico, será liberada a faixa de frequência de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Com isto, a banda poderá ser utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia móvel e internet de quarta geração (4G LTE), que proporciona maior velocidade no Brasil.

O sinal será desligado no dia 22 de novembro em BH e nas seguintes cidades de Minas Gerais: Araçaí, Baldim, Betim, Brumadinho, Cachoeira da Prata, Caeté, Capim Branco, Confins, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Fortuna de Minas, Funilândia, Ibirité, Igarapé, Inhaúma, Itaúna, Jequitibá, Juatuba, Lagoa Santa, Mário Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Sabará, Santa Luzia, São Joaquim de Bicas, São José da Lapa, São José da Varginha, Sarzedo, Sete Lagoas, Taquaraçu de Minas e Vespasiano.

Se você não é assinante de TV a cabo ou satélite e quer continuar recebendo o sinal das emissoas de TV aberta, primeiramente, precisa conhecer seu televisor. Se ele for moderno, com fabricado há menos de oito anos, pode ser que já tenha um decodificador embutido e, para assistir aos canais abertos, será preciso apenas uma antena UHF (inetrna ou externa). Se você tem uma televisão antiga, será preciso adquirir um decodificador, que custa, em média, até R$ 100, além da antena UHF.

Últimas notícias

Comentários