Álcool afeta DNA das células e provoca câncer, diz estudo

A pesquisa britânica descobriu que a bebida alcoólica altera a cadeia de DNA, induzindo a sete tipos de câncer

por João Paulo Martins 08/01/2018 08:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
As bebidas alcoólicas podem alterar o DNA das células e provocar até sete tipos de câncer (foto: Pixabay)
Não é novidade que o consumo excessivo de álcool gera um efeito nefasto no organismo. Porém, ainda não havia sido demonstrado que as bebidas podem afetar diretamente o DNA das células e levar ao aparecimento de câncer. Este mecanismo foi comprovado por um estudo financiado pelo Instituto do Câncer do Reino Unido e que foi publicado na quarta, dia 3 de janeiro, na renomada revista científica Nature.

Pesquisas realizadas anteriormente já haviam analisado os efeitos do álcool em células cultivadas em laboratório. Mas, a novidade é que o estudo feito pelo Laboratório de Biologia Molecular MCR, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, usou cobaias para descobrir os efeitos das bebidas alcoólicas. Os cientistas fizeram com que os animais bebessem álcool diluído e, em seguida, analisaram os cromossomos e o sequenciamento do DNA dos roedores, em busca de falhas.

O estudo britânico descobriu que o acetaldeído – substância gerada pelo processamento do álcool no organismo – altera de forma permanente as cadeias de DNA das células, especialmente as do tipo tronco, que são essenciais para a composição e readequação do corpo.

Com a nova descoberta, é possível entender como o consumo de bebidas alcoólicas aumenta o risco de desenvolvimento de sete tipos de câncer, incluindo os mais comuns, como o de mama e o de intestino. "Alguns tipos de câncer se desenvolvem devido a um dano no DNA das células-tronco. Enquanto alguns problemas ocorrem de forma aleatória, nossos achados sugerem que beber álcool pode aumentar o risco dessas doenças", diz o professor Keatan Patel, da Universidade de Cambridge, e autor do estudo.

Quem concorda com a importância dos achados para a saúde é Linda Bauld, especialista em prevenção dessa doença no Instituto do Câncer do Reino Unido. "A pesquisa nos mostra os danos que o álcool pode gerar nas células, custando a algumas pessoas muito mais do que uma ressaca. Sabemos que o álcool contribui para mais de 12 mil casos de câncer no Reino Unido, todos os anos. Então, reduzir a quantidade de bebida alcoólica é uma boa ideia", comenta a especialista.

Últimas notícias

Comentários