Asteroide 'potencialmente perigoso' passará 'perto' da Terra em fevereiro

Segundo a Nasa, a rocha espacial nos fará uma 'visita' no dia 4 de fevereiro

por João Paulo Martins 19/01/2018 09:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pexels
(foto: Pexels)
Por volta do dia 4 de fevereiro deste ano, um astroide gigante passará "perto" da Terra. Conhecido como 2002 AJ129, ele foi classificado pela Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) como potencialmente perigoso e deve se aproximar da gente a uma velocidade de 107,8 mil km/h. A informação é do tabloide britânico Daily Mail.

Segundo a Nasa, o objeto espacial tem 1,1 km de extensão – ele é bem maior, por exemplo, que o arranha-céu Burj Khalifa, em Dubai, considerado o mais alto do mundo com 800 m –, e passará a uma distância de pouco mais de 4,2 milhões de km do nosso planeta, ou o equivalente a 11 vezes a distância que separa a Terra da Lua. Apesar de parecer distante, essa trajetória do asteroide é considerada relativamente próxima, em termos espaciais.

O Daily Mail esclarece que a Nasa avalia como potencialmente perigoso qualquer objeto que se aproxime de nós a uma distância de até 7,4 milhões de km.

O 2002 AJ129 será a maior rocha estelar a passar perto da Terra este ano, e os cientistas já demonstraram, no passado recente, que um asteroide desse tamanho tem condição de provocar uma "mini Era do Gelo" caso houvesse uma colisão com nosso planeta. O impacto causaria a queda da temperatura global para apenas 8º C, conforme comprovou um estudo de 2016 que avaliou a queda de um objeto de 1 km de comprimento. A estimativa é que a fuligem gerada pela explosão ficaria em suspensão na atmosfera terrestre por até 10 anos, no pior dos cenários, enquanto a poeria baixaria em até seis anos.

Últimas notícias

Comentários