Cientistas criam um 'gel viagra' que leva ingrediente da dinamite

O produto possui nitroglicerina e age bem mais rápido que a sildenafila

por Encontro Digital 08/01/2018 12:39

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Menshealth.co.za/Reprodução
(foto: Menshealth.co.za/Reprodução)
Uma boa notícia para os homens que sofrem de impotência sexual: pesquisadores ingleses criaram um gel que é 12 vezes mais rápido que o conhecido Viagra (sildenafila). O curioso é que esse novo produto é feito à base de nitroglicerina, um dos mais potentes explosivos que existe. A informação foi divulgada pelo tabloide britânico The Sun.

O estudo, realizado no hospital da Universidade College London, da Inglaterra, analisou 220 homens com disfunção erétil. Metade deles foi tratada com o gel e a outra com um placebo. De acordo com os cientistas, dos voluntários que receberam o revolucionário produto, 44% tiveram ereção em cerca de cinco minutos. No total, 70% dos homens obtiveram a excitação sexual em até 10 minutos. Vale dizer que grande parte dos remédios similares ao Viagra costumam fazer efeito de 30 minutos a uma hora após a ingestão do comprimido.

No caso do gel com trinitrato de glicerina, para obter o efeito desejado, é preciso passar uma pequena quantidade da substância na superfície do pênis. Após a aplicação, é liberado o gás óxido nítrico nos vasos que compõem o órgão sexual masculino, o que causa a dilatação dos mesmos e o consequente aumento da circulação de sangue, propiciando a desejada ereção.

Ao contrário dos tradicionais remédios usados para tratar esse problema, os efeitos colaterais do gel à base de nitroglicerina foram bem menores. Apenas um voluntário em cada grupo de 13 sentiu dor de cabeça. Para reduzir ainda mais as reações, os pesquisadores pretendem fazer mudanças na fórmula – a expectativa é que o produto chegue ao mercado inglês ainda este ano.

Para quem não sabe, o trinitrato de glicerina, que é a base da nitroglicerina – usada na fabricação da dinamite –, já é amplamente aplicado na indústria farmacêutica. Muitos pacientes que sofrem de baixa circulação de sangue no coração, que causa a famosa angina, costumam tomar medicamentos que levam esse composto químico na fórmula.

Últimas notícias

Comentários