Nova moda entre os jovens é 'comer' pastilhas de sabão de lavar roupa

O 'desafio' do Tide pod vem fazendo sucesso nos Estados Unidos, mas é muito perigoso para a saúde

por João Paulo Martins 29/01/2018 16:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Consumerhealthdigest.com/Reprodução
Uma "nova moda" nos Estados Unidos, de comer pastilhas de sabão chamadas de Tide pods, está causando polêmica na internet, ainda mais porque é muito perigosa (foto: Consumerhealthdigest.com/Reprodução)
Uma piada publicada em 2015 no site humorístico americano Onion acabou tomando proporções inimagináveis e gerando uma nova "moda", extremamente perigosa, nos Estados Unidos. Desde meados do ano passado, jovens começaram a publicar vídeos nas redes sociais comendo ou provando pastilhas para lavar roupas chamadas Tide pods – da mesma empresa que fabrica o sabão em pó Ace, no Brasil. O "novo desafio", que volta a chamar a atenção dos pais, ainda mais depois do "Desafio da Baleia Azul", traz vários riscos envolvidos, e é divulgado com a hashtag "#TidePodChallenge".

Assista, abaixo, a uma jovem provando o saponáceo em pastilha:


Segundo notícia publicada no site americano Consumer Health Digest, que trata de assuntos ligados a produtos da área de saúde, as pessoas começaram a associar o Tide pod a algo comestível devido à aparência do produto, que lembra uma bala colorida. A diferença é que o consumo das pastilhas de lavar roupa não traz nada de bom, ao contrário, são tóxicas e podem provocar sérios danos à saúde.

Uma matéria do tabloide inglês The Sun mostra que a ingestão dessas pastilhas, mesmo que em pequenas doses, pode causar náuseas, vômitos, tosse, asfixia, problemas respiratórios e dor estomacal. O envenenamento com o sabão também pode afetar a pressão arterial e fazer com que a frequência cardíaca caia rapidamente. "Isso pode levar à falência dos órgãos vitais e ao colapso cardíaco. Estourar a membrana externa dos Tide pods também pode levar à irritação da boca, da pele e dos olhos, bem como erupções e queimaduras dolorosas", diz o texto publicado no periódico inglês.

O Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos realizou uma pesquisa sobre esse tipo de saponáceo, em 2012, quando foi ele lançado por lá, e descobriu que muitas crianças foram intoxicadas pelo Tide pod, que é considerado mais perigoso do que o sabão em pó normal. Sua composição traz, entre outras coisas, sabão em pó, amaciante e alvejante – como a soda cáustica.

"Nossos produtos de lavanderia possuem alta concentração de detergente destinado a lavar roupa. Eles não devem ser usados em desafios, de modo algum, mesmo que de brincadeira", diz o texto de alerta sobre o produto, no site da Tide nos Estados Unidos. Além disso, aproveitando a fama gerada pelo novo "desafio" dos jovens, a empresa, que pertence à Procter & Gamble (dona da Gillette, da Oral-B e da Ariel), usou sua conta oficial no Twitter para publicar um alerta para seus seguidores e consumidores. "Para quê os Tide pods são usados? Para lavar roupa. Nada mais. Comer Tide pod é uma péssima ideia", publica a empresa juntamente com um vídeo trazendo o jogador Rob Gronkowski, da equipe de futebol americano New England Patriots, que fala sobre o erro que é fazer o "#TidePodChallenge".

Muitos internautas aproveitaram as redes sociais para criticar essa "moda", considerada estúpida e perigosa para a juventude. "Minha geração fez muita coisa idiota, mas nós nunca comemos Tide pods!", diz o perfil intitulado @Gr8nessNaHoodie, no Twitter. "Ok, agora, eles estão afetando diretamente nossa capacidade de diferenciar comida de produtos de limpeza", ironiza o internauta @kevinlibin. "Pastilhas detergentes como as Tide pods não são brinquedo e, definitivamente, não são comestíveis. Existe uma razão para citarem os centros de controle de intoxicação nos rótulos", esclarece o perfil @wrightstate, da Universidade Wright State, de Ohio, nos Estados Unidos. "Quando eu era criança, minha mãe falava que ia lavar minha boca com sabão se eu fizesse algo errado, e achava ruim. Agora, as crianças fazem isso por diversão?", critica o usuário @parker_lockwood, na mesma rede social de 240 caracteres.

Os internautas não perderam a chance de "zoar" com o "desafio":


Fotos: Twitter.com/Reprodução

Últimas notícias

Comentários