Pesquisadores americanos podem ter encontrado a cura para a calvície

Teste com células-tronco conseguiu gerar pele e folículos capilares em cobaias

por João Paulo Martins 05/01/2018 10:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
A calvície pode estar com os dias contados: cientistas americanos conseguiram gerar pele e cabelos em cobaias, usando células-tronco (foto: Pixabay)
Muito além da aparência, a careca afeta especialmente a autoestima de quem sofre com ela. A perda de cabelo é o principal sinal de que algo está errado na cabeça. O problema é que, se for causada por fatores genéticos, a calvície dificilmente pode ser revertida – normalmente é usado o implante fio a fio. Mas, uma luz surgiu no fim do túnel: cientistas americanos podem ter descoberto uma forma de recuperar os cabelos de pessoas carecas.

Por meio de um experimento com células-tronco em ratos, cientistas conseguiram fazer com que folículos capilares surgissem naturalmente e se desenvolvessem de forma a gerar pelo (ou cabelo). A descoberta foi publicada no jornal científico Cell Reports.

Os pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, usaram células-tronco, ou estaminais, dos próprios ratos e o ineditismo se deu ao perceberem que elas formaram uma pele completa, composta pelas duas camadas: epiderme e derme. A forma como a pele se desenvolveu seguiu a mesma lógica que ocorre na natureza, o que possibilitou o surgimento de folículos capilares no corpo do roedor.

O curioso é que o estudo, originalmente, não tinha essa intenção. Karl Koehler, professor da Universidade de Indiana e um dos autores da pesquisa, queria usar as células-tronco pluripotentes – podem se transformar em qualquer órgão – para criar pequenas estruturas do ouvido interno. Mas, a equipe acabou verificando que as células, na verdade, se transformaram em tecido epitelial, além de criarem as estruturas auditivas esperadas. Então, eles decidiram induzir o crescimento de folículos pilosos e conseguiram, tal qual ocorre naturalmente nos animais.

Não é novidade o uso de terapia com células-tronco em tratamentos para a perda de cabelo. Porém, nunca se conseguiu a geração de tecido epitelial da forma como foi desenvolvida pelos cientistas americanos.

Últimas notícias

Comentários