Ibuprofeno causa infertilidade nos homens, diz estudo francês

O remédio anti-inflamatório afeta a produção de hormônios masculinos

por João Paulo Martins 09/01/2018 14:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Segundo estudo feito pelo Instituto Francês de Pesquisa em Saúde Ambiental e Ocupacional, e publicado na revista científica Proceedings of f the National Academy of Sciences, na segunda, dia 8 de janeiro, o uso de ibuprofeno, um dos mais famosos analgésicos do mercado, pode causar infertilidade nos homens. A informação foi divulgada pelo canal americano de notícias CNN.

O pesquisador Bernard Jégou, juntamente com seus colegas franceses e dinamarqueses, já haviam explorado os efeitos de três analgésicos encontrados em todo o mundo e que são muito recomendados pelos médicos às mulheres grávidas: aspirina, acetaminofeno (ou paracetamol) e ibuprofeno. Os testes mostraram que, quando ingeridos na gravidez, afetam os testículos de bebês.

Isso se daria porque, como os testículos segregam testosterona, o principal hormônio sexual masculino, os três medicamentos seriam capazes de afetar essa produção hormonal, conforme esclarece David M. Kristensen, coautor do estudo e pesquisador do Hospital Universitário de Copenhaguen, na Dinamarca. As três drogas também aumentam a probabilidade de meninos nascerem com malformações congênitas.

A novidade do estudo do Instituto Francês de Pesquisa em Saúde Ambiental e Ocupacional é que o foco se deu no ibuprofeno, um anti-inflamatório não esteroide e que também é muito popular entre esportistas, especialmente os de alto desempenho, como jogadores de futebol e atletas olímpicos, que os consomem antes ddas atividades, para prevenir a dor.

Os cientistas avaliaram 31 voluntários do sexo masculino com idades entre 18 e 35 anos. Destes, 14 receberam uma dose diária de ibuprofeno, equivalente a 600 mg, duas vezes por dia – vale dizer que 1200 mg por dia é o limite recomendado pela bula do remédio. Os outros 17 voluntários receberam um placebo.

Os homens que tomaram ibuprofeno produziram menos testosterona, o que indica sinal de disfunção dos testículos. Com isso, eles foram diagnosticados com hipogonadismo compensado, que é uma condição associada à redução da fertilidade, à depressão e ao aumento do risco de problemas cardiovasculares, incluindo insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral.

Conforme os pesqusiadores, o grupo de jovens atletas que usaram o ibuprofeno acabaram ficando com uma condição hormonal parecida com a de homens de meia-idade, especialmente em relação à infertilidade.

Bernard Jégou esclarece que o grupo de jovens participantes no estudo podem ter os efeitos nocivos corrigidos. No entanto, ele não sabe se os problemas gerados pela substância, a longo prazo, serão reversíveis.

Últimas notícias

Comentários