Índice usado para reajustar os aluguéis acumula baixa nos últimos 12 meses

Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o IGP-M registra deflação de 0,34%

por Encontro Digital 18/01/2018 09:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Google Earth/Landsat/Copernicus/Reprodução
(foto: Google Earth/Landsat/Copernicus/Reprodução)
Se você mora de aluguel, deve ter percebido que o valor cobrado ainda não foi reajustado, certo? Isso porque o índice que serve para o reajuste de aluguéis, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou deflação (queda de preços) de 0,34% nos últimos 12 meses, de acordo com a segunda prévia de janeiro, divulgada nesta quinta, dia 18 de janeiro, no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Considerando-se apenas janeiro, a segunda prévia registrou inflação de 0,82%, taxa menor que a segunda prévia de dezembro de 2017.

A queda da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada pelos preços no atacado e pelo custo da construção. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo IPCA), que mede o atacado, caiu de 1,23% na segunda prévia de dezembro para 1,04% em janeiro. A inflação do Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,27% para 0,19%.

Por outro lado, a inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, subiu de 0,31% na segunda prévia de dezembro para 0,43% na segunda prévia de janeiro.

A segunda prévia é medida com base em preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários