Quanto Pelé valeria se ainda estivesse jogando?

O 'rei' do futebol custaria cerca de 50% a mais do valor pago pelo Paris Saint-Germain pelo craque Neymar

por Marcelo Fraga 24/01/2018 12:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rener Pinheiro/CBF/Divulgação
Segundo o economista Samy Dama, se Pelé estivesse jogando e tivesse a idade do craque Neymar, seu preço de mercado seria de cerca de R$ 1,5 bilhão (foto: Rener Pinheiro/CBF/Divulgação)
No mundo milionário do futebol atual, é fácil apontar quais são os craques mais valorizados. Entre eles, podemos destacar o argentino Lionel Messi, do Barcelona, o português Cristiano Ronaldo (CR7), do Real Madrid, o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain (PSG) e os brasileiros Neymar Jr., do PSG, e Philippe Coutinho, do Barcelona. Se esses jogadores valem muito dinheiro, você já imaginou o quanto valeria, hoje, aquele que é considerado o melhor jogador de todos os tempos, Pelé?

Para se ter uma ideia de qual seria o valor de mercado de Edson Arantes do Nascimento, o economista Samy Dama, apresenatdor do canal de TV pago Globonews, fez uma análise levando em consideração os títulos e os gols marcados pelo célebre jogador brasileiro aos 25 anos, mesma idade que tem Neymar – o jogador mais caro de futebol da atualidade.

O levantamento do especialista, divulgado no programa Esporte Espetacular, da Globo, no domingo, dia 21 de janeiro, aponta que, com essa idade, Pelé já possuía dois títulos da Copa do Mundo: a de 1958, na Suécia; e a de 1962, no Chile. Além disso, o craque que também foi revelado pelo Santos leva uma vantagem imensa sobre o atual camisa 10 do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira: número de gols marcados jogando por times. São 783 gols de Pelé contra 311 de Neymar. Já o atacante do PSG só superou o "rei" do futebol no quesito títulos olímpicos (1 x 0) e gols pela Seleção (53 x 52).

Após analisar esses e outros aspectos, Samy Dama chegou à conclusão de que, se Pelé ainda estivesse jogando, seu valor de mercado seria de 385 milhões de euros (cerca de R$ 1,5 bilhão), ou 163 milhões a mais do que o valor pago pelo PSG para tirar Neymar do Barcelona, em agosto de 2017. Esta foi a negociação mais cara do futebol, até hoje, e os franceses tiveram de gastar 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 883 milhões).

Últimas notícias

Comentários