Criador da Ethereum pede cuidado para quem quer investir nas moedas virtuais

Segundo Vitalik Buterin, as criptomoedas não devem ser usadas como 'poupança futura'

por João Paulo Martins 19/02/2018 11:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Vitalik Buterin, criador da Ethereum, segundo maior criptomoeda (só perde para a Bitcoin), usou o Twitter para alertar as pessoas sobre o investimento em moedas virtuais (foto: Pixabay)
Em publicação polêmica feita no Twitter, Vitalik Buterin, fundador da Ethereum, a segunda moeda digital mais valiosa do mundo, advertiu seus seguidores que as chamadas criptomoedas "podem vir a cair até zero a qualquer momento". Ele lembra que este mercado é altamente volátil e que é melhor garantir a "poupança futura" em investimentos mais sólidos e reconhecidos do mercado financeiro.

O post do programador e escritor russo, naturalizado canadense, de 24 anos, na rede social de 240 caracteres já chegou a quase 16 mil curtidas e mais de 1,3 mil comentários.

"Lembrete: as criptomoedas ainda são uma classe de ativos nova e hipervolátil e que podem cair próximo de zero a qualquer momento. Não coloque nelas mais dinheiro que você pode perder. Se você está buscando onde armazenar suas poupanças, ativos tradicionais ainda são a aposta mais segura", escreve Vitalik Buterin no Twitter.

"Pessoal, vocês deveriam investir na Ethereum. Seu fundador é a pessoa mais legal do planeta", comenta o perfil @JonathanHawj, na mesma rede social. "Muitas pessoas, como eu, estão investindo nas criptomoedas porque acreditam na tecnologia e na ideia de existir pagamento que não seja controlado por uma instituição central. O seu pensamento demonstra que você está perdendo a batalha para os especuladores", reclama o usuário @DanielERomeroS. "Não é um ponto de vista idiota. Vitalik está tentando apenas afastar os fracos. Porque eles causaram a queda da Bitcoin, até agora. Se existissem apenas pessoas que amam as criptomoedas, devido à tecnologia, elas cresceriam de forma devagar e forte", diz @BrtanJosip. "Muito triste ouvir isso. De qualquer forma, é uma lição que se aprende a todo custo. Lição maior: a multiplicação mágica de dinheiro é fraude, não importa de quem venha a informação", lamenta o perfil @A_DEEP_MIND.

Anteriormente, vários economistas previram o colapso de algumas criptomoedas, classificando-as como bolha econômica. Além do Banco Central (BC) do Brasil não recomendar essa forma virtual de investimento, o economista americano Peter Schiff, da corretora Euro Pacific Capital Inc., conhecido por sua previsão do colapso financeiro de 2008, declarou que a Bitcoin é uma "bolha maciça especulativa", que pode estourar, causando, assim, a perda de todo capital de seus investidores.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários