Banco Central mostra que economia brasileira cresceu pouco mais de 1% em 2017

O dado faz parte do Índice de Atividade Econômica do Banco Central

por Encontro Digital 19/02/2018 10:53

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC), nesta segunda, dia 19 de fevereiro, o nível de atividade econômica no país registrou crescimento de 1,04% em 2017, em comparação com 2016. A informação faz parte do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br).

O indicador foi criado pelo BC para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. Mas, o dado oficial do governo sobre o tema é o Produto Interno Bruto (PIB), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que será divulgado em março.

O valor do IBC-Br aproxima-se da projeção do governo para 2017, divulgada em dezembro do ano passado, que era de 1,1%. A expectativa do mercado financeiro, de acordo com o boletim Focus, do BC, é de 1%.

Em dezembro, o nível de atividade econômica no país continuou a registrar crescimento, de 1,41% em relação a novembro. Esse foi o quarto mês seguido de alta do indicador. O crescimento mensal refere-se ao IBC-Br dessazonalizado, ou seja, ajustado para o período.

Esse índice é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o Banco Central a tomar decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice inclui informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários