Especialista comenta o uso de suplemento alimentar como prática cotidiana

Não só praticantes de atividades físicas podem aproveitar os benefícios da suplementação

por Da redação com assessorias 26/02/2018 16:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Apesar da alimentação ser algo primordial na rotina diária da humanidade, muitas pessoas sofrem as consequências da baixa ingestão de nutrientes e do consumo exagerado de gordura ou açúcares. Para ajudar que é "vítima" da carência de algum ingrediente essencial, existem inúmeros suplementos alimentares disponíveis no Brasil. Mas, eles realmente atendem às necessidades?

Além de auxiliar atletas e praticantes de atividades desportivas a suprir as necessidades nutricionais, energéticas e de performance, os suplementos estão disponíveis também para atender as necessidades individuais, de qualquer faixa etária, desde que recomendados por profissionais especializados.

O estilo de vida agitado pode ser observado em boa parte do mundo, com isso, crescem os problemas de saúde decorrentes da má alimentação. De acordo com o nutricionista esportivo Geovanni Sampaio, consultor científico da Atlhética Nutrition, os benefícios dos suplementos vão além de uma mudança na composição corporal. "Os suplementos são utilizados de diversas formas, não apenas com o intuito de melhorar o desempenho no esporte ou o físico, mas podemos explorar a sua praticidade e benefícios para todos. Organizar lanches práticos e saudáveis deve fazer parte da rotina, e nada melhor para o bom funcionamento do corpo que estejam presentes todos os micros e macronutrientes fundamentais", comenta o especialista.

Abaixo, o nutricionista esclarece alguns pontos ligados à suplementação:

Crianças podem consumir suplementos
"As experiências nutricionais no início da vida podem ter consequências duradouras. É comum observamos tanto na infância como na adolescência o consumo exagerado de alimentos açucarados, trazendo consigo diversos transtornos patológicos além da obesidade, como o diabetes", comenta Geovanni Sampaio. Ele lembra que o melhor é estimular a criança a ter hábitos saudáveis, ingerindo alimentos balanceados e de grupos variados. "Para auxiliar no tratamento, uma das sugestões é substituir os alimentos consumidos pela criança, por uma versão mais saudável".

Adultos e idosos, que não são atletas, podem usufruir da suplementação
A idade pode representar o surgimento de algumas moléstias, como diabetes tipo II e hipertensão arterial. A sarcopenia, ou perda de massa e força muscular, também pode ser citada como resultado do déficit hormonal do envelhecimento, do déficit proteico alimentar, e da baixa atividade física. "Alguns suplementos podem trazer diversos benefícios, dependendo da necessidade de cada paciente, como o whey protein [roteína do soro do leite] para o diabético, pré-treinos à base de vasodilatadores, tais como citrulina, arginina, beta alanina e citrato nos casos de hipertensão arterial e creatina no tratamento da sarcopenia, associado com atividade física", afirma o especialista.

Suplemento de proteína funciona para todos?
"A facilidade de conseguir carboidratos e gorduras muitas vezes não se aplica às proteínas de bom valor biológico". Desta maneira, o nutricionista recomenda a inegstão de suplementos proteicos. "Uma vez que todas as refeições necessitam de uma boa quantidade de proteína, não apenas para o ganho de massa muscular, mas também para manutenção da massa no processo de emagrecimento", completa Geovanni.

A suplementação é uma auxiliar da boa alimentação
O especialista esclarece que os suplementos alimentares não servem apenas para área esportiva. "Devemos nos livrar desse pensamento engessado e abrir o leque de informações sabendo que podemos aplicar para todos, independentemente da idade e eventual enfermidade. Embasamento científico para isso nós temos, só precisamos saber como aplicar isso nos nossos pacientes", completa o nutricionista.

Últimas notícias

Comentários