Youtuber Felipe Neto desabafa sobre eliminação do Botafogo e causa polêmica

O vlogueiro, que patrocina o clube carioca, chegou a pedir a demissão do técnico

por João Paulo Martins 07/02/2018 12:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Twitter/felipeneto/Reprodução
O youtuber Felipe Neto está causando polêmica na internet ao "desabafar" no Twitter após a eliminação do Botafogo na Copa do Brasil. Ele é patrocinador do clube carioca (foto: Twitter/felipeneto/Reprodução)
O youtuber Felipe Neto, que possui mais de 18,8 milhões de seguidores na plataforma de vídeos do Google, chamou a atenção dos fãs depois que publicou um "desabafo" no Twitter´. Ele mostrou sua indignação com a eliminação precoce do Botafogo (RJ), seu clube do coração, na Copa do Brasil, na noite de terça, dia 6 de fevereiro. A equipe alvinegra carioca enfrentou o Aparecidense, no estádio Annibal Batista de Toledo, em Aparecida (GO), e perdeu por 2 a 1 – a nova regra da competição prevê que os clubes 'visitantes' se classificam com empate ou vitória.

"Sim, eu sou um dos patrocinadores do Botafogo, mas, antes de tudo, sou um torcedor ferrenho, dedicado, fiel, que vai aos jogos, assiste todos, sofre e grita. O que aconteceu, hoje [terça, dia 6], foi algo terrível na história do clube. E a indignação acaba sobrepondo à razão e à frieza", comenta o controverso vlogueiro de 30 anos, que, junto com o irmão Luccas Neto, são donos da Neto's, rede de lanchonetes especializadas em coxinhas, que firmou patrocínio com o Botofago em novembro de 2017.

"Nunca, como patrocinador ou parceiro, tentarei ditar qualquer regra dentro do clube. Não sou da diretoria, mas converso com membros de lá, constantemente, sempre pensando em como ajudar o Botafogo. Nunca atrapalhando. Porém, em raras ocasiões, a frustração é tão grande que o lado torcedor supera o executivo. Minha indignação com essa situação é apenas de torcedor, não como patrocinador ou parceiro. Continuo dando força e ajudando, pois só quero o bem do Botafogo", continua Felipe Neto em cinco publicações que fez no Twitter na madrugada desta quarta, dia 7 de fevereiro.

Claro que os fãs do youtuber não ficaram sem comentar o "desabafo" do jovem empresário, que chegou a fundar uma network (rede que controla produção de vídeos) no YouTube, intitulada Paramaker – depois foi vendida para a IGN, dos Estados Unidos. "Faz um vídeo reagindo", pede o perfil @adryele_crf, no Twitter. "Tu e teu irmão tá [sic] zikando [sic] o clube", brinca o usuário @br_dadepressao. "Ué, cara, o time maior se classificou e o menor foi eliminado. Normal", ironiza @Atilafla. "Hahaha... Botafogo continua sendo apenas um bairro no Rio de Janeiro", publica o internauta @eijoaovictor7. "Como diria Alexandre Kallil [prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético-MG] vai chorar na cama, que é lugar quentinho e o lugar de você", diz o perfil @MichaBitencourt. "Tu pode cobrar duas vezes mais. Tu coloca mais grana que a gente lá dentro", coemnta @ThiagoBraga_.

Em post que foi apagado logo após a repercussão, Felipe Neto chegou a pedir a demissão do técnico do Botafogo, Felipe Conceição. "Caso a diretoria do Botafogo mantenha o Felipe Conceição no cargo, ficará claro para todos que estão mais preocupados com o ego do que em admitir que erraram feio ao colocá-lo como técnico. Não está pronto. Não tem condições. E custou muito ao Botafogo já. Tem que ser demitido", diz o youtuber ainda com a frustração da eliminação do clube na Copa do Brasil.

Porém, mais tarde, ele "esclereceu" a publicação polêmica: "Então, refutando o que alguns veículos já anunciaram: não, o patrocinador do Botafogo não tem nenhuma preferência por técnico. A Neto's patrocina o Botafogo, uma empresa que tem sócios, executivos, conselho... Eu sou apenas um, o Felipe. Eu, torcedor, postei sobre o Conceição. Espero e torço, do fundo do meu coração, que a diretoria tome a decisão certa. Eu não ajudo nessa parte, não sou conselheiro. Então só me resta torcer e aguardar".

Últimas notícias

Comentários