Pastor Marco Feliciano critica a Rede Globo e o apresentador Luciano Huck em vídeo

O controverso deputado federal chegou a chamar a emissora de 'Rede Esgoto'

por João Paulo Martins 08/02/2018 15:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Marco Feliciano/Reprodução
O deputado federal Pastor Marco Feliciano fez duras críticas à Rede Globo e a suposta candidatura do apresentador e empresário Luciano Huck (foto: YouTube/Marco Feliciano/Reprodução)
O controverso deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC/SP), está causando polêmica na internet ao divulgar, no Facebook e no YouTube, um vídeo em que faz duras críticas à suposta manipulação da Rede Globo nas eleições presidenciais do Brasil. Na rede social criada por Mark Zuckerberg, o político de 45 anos já conta com mais de 306 mil visualizações de seu "desabafo". "Nós estamos assistindo a uma verdadeira guerra entre todos os espectros políticos nacionais. Pesquisas com nenhuma credibilidade, ataques cibernéticos com os chamados 'fake news' [notícias falsas]. Candidatos saindo das mais diversas matizes ideológicas. Nas últimas cinco eleições presidenciais, assistimos à forte influência da poderosa Rede Globo de televisão no processo eleitoral. Corria à boca pequena que os candidatos apoiados por ela sempre se saíram vencedores. Seria um mito ou uma realidade?", diz Feliciano na introdução de sua gravação.

Confira, abaixo, ao polêmico vídeo feito pelo pastor:


Ainda segundo o político paulista, com a possível saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do atual pleito, as Eleições 2018 estariam com o "meio de campo" embolado. Marco Feliciano lembra que o polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ), candidato considerado conservador, e que é seu colega de partido, sempre estaria presente nas primeiras colocações nas pesquisas eleitorais divulgadas até agora, e que um "não político" também concorre de forma forte. "Seu nome, Luciano Huck, apresentador da Rede Esgoto de televisão, ooops, perdoe o trocadilho, da Rede Globo de televisão, que recebeu o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Apesar de Luciano dizer que não é candidato, foi muito sintomática sua presença no programa Domingão do Faustão [no dia 7 de janeiro], de larga audiência, num verdadeiro ato de pré-campanha. O que provocou a ira de alguns partidos", completa o pastor da Catedral do Avivamento, que é vinculada à Assembleia de Deus.

Marco Feliciano pede ainda que seus fãs e fieis façam de tudo para impedir a candidatura do apresentador global. Ele chama Huck de "ungido no Jardim Botânico" e que seria uma "força maligna" que ameaça o Brasil. "Vir a eleger um seu preposto, Luciano Huck, é entregar o poder à outrora 'vênus platinada', ou melhor, a Rede Globo de Comunicação, para finalizar o seu projeto esquerdista, de destruir a família tradicional de raiz judaico-cristã. A Globo, aqui de fora, já influencia, porque é um 'quarto poder', imagine a Globo no poder. Não podemos deixar acontecer", critica o deputado federal paulista.

Claro que um conteúdo desses não poderia passar em branco no Facebook. O pastor recebeu mais de 1,1 mil comentários na rede social. "Meus parabéns, pastor e deputado Marcos Feliciano, por sua coragem e seriedade em que o senhor leva a política deste país em favor do povo brasileiro. Na minha opinião, o Luciano Huck não teria nenhuma condição de ser um presidente do Brasil, mas, vale a pena ouvir sua fala, pastor, para que saibamos mais o que a Rede Globo é capaz de fazer para continuar querendo acabar com a família brasileira", comenta o usuário Josinaldo Azevedo. "Luciano Hulk. Mas é uma piada mesmo! Globo acha que só porque ele faz os quadros de Agora ou Nunca, será nosso presidente. Agora e nunca , diga não ao Luciano na presidência. Não tem competência para ser nosso presidente", reclama o internauta Felipe Xavier. "Pois é, não pode mesmo. Mas, será mesmo que o Luciano Huck irá se candidatar? Aí, ele iria prometer o quê? Iria prometer reformar as casas e os carros de todos os brasileiros? Kkk... Acho que não. Isso aí é só intimidação da esquerda e da Rede 'Esgoto'", diz Giza Costa. "Não é nem por causa da TV. É porque é abusar da mentalidade do povo brasileiro. Nós, eleitores, temos que pensar e repensar, para não cair mais nessas armadilhas", critica Zila Barbosa. "Nem pensar! Sempre gostei do Luciano Huck. Mas, quando começou essa história de candidato... O programa dele eu assisto, verdadeiramente. Rede Globo comandando o país? Tô [sic] fora!", afirma a internauta Tereza Matos.

Últimas notícias

Comentários