Entenda porque Kate Middleton não usou preto no Bafta

A duquesa de Cambridge estava usando um vestido verde-escuro desenhado por Jenny Packham

por João Paulo Martins 19/02/2018 09:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/kensingtonroyal/Reprodução
A duquesa de Cambridge, Kate Middleton, causou polêmica ao usar um vestido que não era preto na cerimônia da premiação Bafta, em Londres (foto: Instagram/kensingtonroyal/Reprodução)
O que mais chamou a atenção dos internautas no tapete vermelho (red carpet) da premiação Bafta, que elege os melhores atores e produções britânicas no cinema, foram as vestimentas das convidadas, que, na grande maioria, era da cor preta. Isso porque, antes do evento, o movimento Time's Up (Já Chega, em tradução livre), que combate o assédio sexual na indústria do entretenimento, pediu que as atrizes vestissem roupas pretas. Mas, uma pessoa que compareceu usando verde-escuro acabou causando "polêmica" na internet: a duquesa de Cambridge Kate Middleton.

Mesmo que outras celebridades, como as atrizes Salma Hayek, do longa Frida (2002); Emma Roberts, do filme Pânico 4 (2011); e Karen Gillan, da série de TV Doctor Who, tenham aderido à manifestação silenciosa, a esposa do príncipe Harry, que está grávida de seu terceiro filho, não pode, segundo as regras da monarquia britânica, demonstrar qualquer direcionamento político, nem emitir opinião sobre este tema. Apesar da polêmica causada por seu vestido escuro, mas que não era preto, Kate Middleton não se pronunciou, muito menos a assessoria do palácio de Kensington, onde vivem dos pais de George, de 4 anos, e Charlotte, de 2 anos.

Ainda assim, a imprensa local está chamando a atenção para um detalhe do look da duquesa: o cinto preto. Tudo indica que ela teria usado este artifício para acompanhar a indignação das atrizes. Além disso, a cor verde-escura de seu traje era comum nas sufragistas britânicas no início do século XX. Elas escolheram esse tom de roupa como um símbolo de esperança para as mulheres que pediam o direito de votar, tal qual os homens, na época.

Vale dizer que o vestido sóbrio verde-escuro de Kate Middleton foi desenhado pela renomada estilista inglesa Jenny Packham.

No início de 2018, durante a premiação americana Globo de Ouro, que premia o cinema e a televisão dos Estados Unidos, as convidadas também optaram pela cor sóbria e escura para pedir o fim da agressão sexual no mundo das artes.
Instagram/salmahayek/Reprodução, Instagram/emmaroberts/Reprodução e Instagram/karengillanofficial/Reprodução
As atrizes Salma Hayek, Emma Roberts e Karen Gillan foram algumas das celebridades que aderiram à roupa preta como parte do protesto Time's Up, contra os assédios sexuais (foto: Instagram/salmahayek/Reprodução, Instagram/emmaroberts/Reprodução e Instagram/karengillanofficial/Reprodução)

Últimas notícias

Comentários