Vídeo com supostos óvnis na costa da França está intrigando os internautas

Pássaros? Drones? São dois objetos que voam muito rápido e próximos a um helicóptero

por João Paulo Martins 26/03/2018 14:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Jason Gleaves, Ufonly/Reprodução
Os dois objetos idênticos passam em altíssima velocidade na parte de trás do helicóptero de resgate do governo da França (foto: YouTube/Jason Gleaves, Ufonly/Reprodução)
Uma gravação feita em 2014 e divulgada apenas em 2017 por Jason Gleave, ex-piloto da Força Aérea Real (RAF, na sigla em inglês) do Reino Unido, está causando polêmica na internet. O vídeo mostra um helicóptero de resgate do governo da França seguindo para uma região costeira do país, para salvar a tripulação de um barco espanhol que havia afundado. Porém, dois objetos voadores não-identificados (óvnis) são vistos passando em alta velocidade por trás da aeronave francesa.

"Segue a análise de dois objetos idênticos que passam atrás do helicóptero em alta velocidade e numa distância muito perigosa. Como sempre, vocês decidem no que acreditar. Eu inverti e filtrei a gravação original para destacar alguns detalhes", diz Jason Gleaves na abertura do vídeo que foi publicado em sua conta oficial no YouTube.

O ex-piloto é autor do livro Ufo Photo (Foto de Óvni), que trouxe uma análise detalhada desse caso ocorrido na França em 2014. Segundo Jason, 12 pessoas foram resgatadas do navio espanhol The Luno depois do acidente que afundou a embarcação. As cenas dos dois objetos misteriosos foram capturadas por uma equipe da televisão francesa que estava fazendo a cobertura do incidente no oceano Atlântico.

"Outras teorias dizem que poderiam ser drones ou mesmo pássaros. Mas, descarto a ideia de drones, porque eles não poderiam ser operados numa distância tão próxima do helicóptero de resgate, devido às condições climáticas imprevisíveis", comenta o ex-piloto da RAF, em entrevista para o tabloide britânico The Sun. Ele chama a atenção também para a forma como os dois objetos voam muito juntos, praticamente sem distância entre si.

Assista, abaixo, ao vídeo (em inglês) disponibilizado por Jason Gleaves:

Últimas notícias

Comentários