Aumento do tempo para fazer as provas do Enem agrada professores

Ministério da Educação passou para cinco horas o prazo para resolução das provas de ciências exatas

por Encontro Digital 26/03/2018 08:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MEC/Inep/Divulgação
(foto: MEC/Inep/Divulgação)
Especialistas gostaram da notícia de que o Ministério da Educação concedeu 30 minutos a mais para que os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 possam fazer o segundo dia de provas – Ciências da Natureza e Matemática. De acordo com o edital divulgado na quarta, dia 21 de março, o primeiro dia da prova, que reúne Redação e questões de Linguagens e Ciências Humanas, terá cinco horas e meia de duração.

O segundo dia, com questões da área de exatas, terá cinco horas. Até o ano passado, as provas de Ciências da Natureza e Matemática tinham duração de quatro horas e meia.

Para o professor Eduardo Valladares, coordenador pedagógico do curso online Descomplica, a medida será positiva, porque a prova de exatas exige dos alunos muito raciocínio de cálculo. "Ter mais 30 minutos é bastante considerável, pois aumenta em cerca de 20 segundos o tempo para cada questão. Parece pouco, mas isso dá mais conforto para os alunos na hora de passar as respostas para o cartão", comenta Valladares, que também destaca o fato de o edital ter sido divulgado mais cedo neste ano. "Assim, o estudante terá mais tempo para se preparar".

Quem também considera positivo o aumento do tempo é Luiz Rafael Silva, coordenador pedagógico do colégio Mopi, do Rio de Janeiro (RJ). Segundo ele, essa mudança já deveria ter sido feita em 2017, quando o MEC decidiu agrupar as provas de exatas em um mesmo dia. "Muitos estudantes saíram da prova no ano passado falando que não tiveram tempo de resolver todas as questões", diz o professor.

Ainda conforme Luiz Silva, o aumento do tempo não significa que será uma prova mais difícil, pois o Enem vem mantendo a mesma modelagem e o mesmo nível desde 2009. Ele acredita que a ampliação vai beneficiar principalmente os alunos que não sabem gerenciar bem o tempo durante a prova.

Estrutura

Assim como em 2017, as provas do Enem deste ano serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e Ciências Humanas e, no segundo dia, as de Ciências da Natureza e Matemática.

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano. A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

Outra mudança anunciada no Enem foi para a isenção da taxa de inscrição. A solicitação de isenção será feita antes do período de inscrição, entre os dias 2 e 11 de abril. Além disso, os participantes que tiveram isenção da taxa de inscrição no ano passado e que faltaram às provas terão de justificar a ausência para fazer o Enem de 2018 sem pagar a taxa.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários